Vocês pretendem se atrasar para a cerimônia religiosa? Dizem que faz parte, que já é tradição, que a noiva tem que se atrasar um pouco para criar um suspense.

Besteira! Você ficou meses planejando e preparando seu casamento, ansiosa para chegar logo o grande dia, e quando chega, você quer ficar enrolando para entrar?

Todos os livros de etiqueta (Claudia Matarazzo, Fabio Arruda, Vera Simão) afirmam ser falta de educação a noiva se atrasar. Em alguns casos é até proibido: se você vai se casar numa Igreja com casamento de hora em hora, não pode atrasar para não causar um efeito cascata de atrasos – isso sim, muita falta de educação e respeito com a próxima.

carro

Na verdade, o que tenho mais visto são duas situações:

1) Convidados atrasados. As pessoas ficaram tão acostumadas ao atraso da noiva, que hoje em dia vejo até muita noiva chegando na hora, querendo logo casar, mas tendo que aguardar mais convidados chegarem para não entrar com a Igreja vazia. Se você é convidada de um casamento, pelo amor de Deus, chegue na hora! O correto é chegar uns 10 minutinhos antes, para entrar com calma, cumprimentar os conhecidos. Eu sempre chego na hora!

Para quem vai se casar em Igreja com vários casamentos no mesmo dia, vale o truque de colocar no convite 30 ou 15 minutos mais cedo, assim os atrasadinhos estarão lá na hora em que você for entrar.

No meu casamento, que nem foi na Igreja, avisei várias pessoas que eu entraria pontualmente às 21h. O horário do convite era um pouco mais cedo, e às 21h entrei. Quem estava lá, muito bem, quem não estava, azar. (os mais amigos sempre estão).

Madrinhas atrasadas então, acho o fim! Eu  entraria no horário mesmo sem ela estar lá.

2) Atraso no Dia da Noiva. Salão de beleza com várias noivas ao mesmo tempo é um perigo! Se organize. Faça depilação e unhas no dia anterior. No dia do casamento, somente cabelo e maquiagem. Faça um cronograma do tempo necessário para se arrumar,  para tirar algumas fotos prontas e do trajeto até à cerimônia.

Eu já fui num casamento em que a noiva atrasou 1 hora… sim, 1 hora! O motivo? O véu não estava dando certo no penteado. Mas daí eu pergunto: não fizeram teste antes?

Sabe o que acontece quando a noiva se atrasa demais? Os convidados educados que chegaram na hora começam a ficar impacientes. A festa começará muito tarde para os mais idosos. Enfim, perde um pouquinho do brilho.

Noivas, a entrada de vocês na cerimônia é um dos momentos mais lindos do mundo, queremos ver vocês entrando logo, nada de atrasos!

Foto: Fabio Laub

converse com a gente
 0             0})
DEIXE SEU comentário
60 Comentários
  1. Fernanda Lima, disse:

    Atraso de noiva é extremamente “démodé”.
    Além de adiantar o horário em 15 minutos no meu convite, também adiantei o horário ao meu cabelereiro (disse a ele q casarei ás 19:00h e não ás 19:30h) assim não corro riscos de atrasos.

  2. Danielle Correa, disse:

    Noway..atraso nem pensar!!! Fui pontualissima no meu casamento..mas o Rafa morreu de medo de deixa-lo esperando. Como tudo na minha vida, bons modos sao essenciais..sempre!!! Bjocas

  3. Isabel, disse:

    Gente, casei tem 2 meses, coloquei no convite 16 hs e minha ideia era mesmo entrar umas 16 e pouco! E saimos e minha mae avisando td mundo q eu nao ia atrasar! Mas vcs nao tem ideia das coisas q acontecem! Me casei em casa, com eu minha mae, minha tia e minha melhor amiga se arrumando lá comigo. E como era tudo lá, foi chegando gente e indo lá. Minhas damas chegaram e ficaram lá no quarto, meus irmãos… Gente, foi uma comedia!! Mas dai até td mundo se trocar, ficar pronto… E eu espiando pela janela a galera q já estava lá! No fim, vc atrasa um pouco e nem percebe. Fiquei chocada hr q disseram q entrei 16:45. Quase morri, nao queria de jeito nenhum! Mas nao foi proposital, pra vcs teram uma noçao eu tava pronta me vem uma madrinha minha com o braço sangrando, dai eu tive q esperar ela… Gente, teve de tudo! hahaha Mas foi um making off engraçadissimo!
    Beijos!

  4. Isabel, disse:

    Sabe outra coisa, tenho visto convites com uma coisa assim: Recepçao a partir das 15 h e Cerimonia as 15 e 30h. pras pessoas saberem q podem chegar as 15, mas a noiva vai entrar 15 e 30. Achei interessante e tentei usar esse termo, mas achei q confundia com a recepçao de depois da cerimonia e nao achei uma forma legal de dizer isso e desisti… Vcs ja viram? O q acham?

  5. Pingback: Atraso da Noiva | Melhor Amiga

  6. giselle, disse:

    Bom, meu casamento é as 19:15 e coloquei no convite 19:00hs…. Aí ja avisei meu cerimonial que… se as 19:15 qdo eu for entrar tiver padrinho atrasado, entro sem o padrinho que tá atrasado e pronto…

  7. Verônica, disse:

    Fernanda, vc poderia postar algo sobre o dia da noiva? Com quantas horas de antecedência a noiva precisa estar no salão pra se arrumar? Eu pretendo fazer só maquiagem e cabelo no grande dia (o resto farei tudo na véspera) então gostaria de ter uma noção de horário. Meu casório é às 15h30 e o salão disse que eu devo estar lá às 11h. É isso mesmo? Desde já agradeço e parabéns pelo blog! Tô sempre por aqui conferindo as novidades!

  8. Fernanda, disse:

    Recentemente fui a um casamento aqui em São Paulo na Igreja Nossa Senhora do Brasil, chiquérrima e super concorrida. E a noiva chegou com uma hora de atraso. Resultado: durante a cerimônia, o padre deu várias chamadas sobre como a pontualidade já não era um valor na sociedade, sobre como teria que cortar algumas partes, pois tinha outro casamento para celebrar, um mico sem fim. E o pior, quando a próxima noiva chegou (na hora) os convidados da cerimônia anterior estavam começando a sair. Péssimo!

  9. fernanda, disse:

    Agora, VAMOS ANALISAR O OUTRO LADO TAMBÉM… Uma dica para as noivas, lembrem-se que as vezes algumas inconvenientes casam numa sexta feira, em pleno centro da cidade, na hora do rush, as 18h30! Nem de moto a pessoa chega!
    A noiva deve lembrar que as pessoas estavam trabalhando, enquanto ela se arrumava em seu dia de noiva. Eu nesse caso, chego no meio da cerimônia, e se sou madrinha, me irrito profundamente pois não dá tempo! O mundo não pára para o seu casamento.

  10. Josynha, disse:

    Olá! Diante do que todas vcs disseram, não é nada perto do que eu passei num casamento…Vocês acreditam que já a Igreja lotada, a noiva ainda teve a ousadia de atrasar 2 horas????!!!! É isso mesmo gente!! 2 horass!!!! Que ódio que me deu!!! Os convidados já estavam reclamando e exaustos. Eu não sei o que deu nela de fikar 1 hora no carro esperando com a igreja lotada, e quando já ia entrar esqueceu o buquê , então demorou mais uma hora pra buscá-lo…Esse foi o pior casamento que já fui…Acabou que nem todo mundo foi na festa do clube…Constrangedooorrr..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*assunto polêmico* Eu tentei evitar este assunto, porque acho muito polêmico – as pessoas são sempre muito contra ou muito a favor. Mas uma noivinha querida, minha xará, pediu, e resolvi escrever. Vamos começar falando que trata-se apenas da minha opinião, OK? Não existe regra, padrão, e pra falar a verdade, tentei pesquisar mas nem tradição existe. Existe apenas um objetivo: uma brincadeira com a finalidade de arrecadar dinheiro para a lua de mel dos noivos.

gravata

Minha opinião? Sou contra, muito contra. Razões para minha opinião:

* Festa de casamento é para celebrar, não para arrecadar dinheiro. Festa para arrecadar dinheiro é quermesse ou festa beneficente.

* Já fui em muitos casamentos em que teve o corte da gravata. Em todos, padrinhos carregavam o noivo puxando pela gravata, passando de mesa em mesa. Essa “brincadeira” toda dura no mínimo 1 hora, isso quando não é mais. E sabe o que acontece com a noiva durante este tempo? Fica sozinha na pista. Acho horrível. Os noivos deveriam ficar juntos, dançando, beijando… Tudo bem a noiva dançar às vezes com as amigas, e o noivos com os amigos. Mas largar a noiva na pista pra arrecadar dinheiro, pra mim não dá!

* Alguns dizem que os convidados já estão acostumados, não ligam, faz parte. Eu discordo. Pedir dinheiro é sempre um constrangimento. Os convidados já gastaram com o presente do chá bar, presente do casamento, roupas, penteado, maquiagem, manobrista (especialmente aqui em SP), e ainda tem que dar o dinheiro da gravata?

Já ouvi também que é a única hora em que o noivo ganha destaque na festa! Na minha opinião, se for pra se destacar passando por pedinte, eu preferia não ter destaque nenhum, rs!

O que fazer se você e seu noivo não querem essa brincadeira no seu casamento? Avise sua assessora para impedir a brincadeira assim que algum engraçadinho começar, avisando delicadamente que foi um pedido dos noivos. E principalmente, avise à todos os padrinhos, porque em geral são eles quem começam.

Essa é mais uma “brincadeira” dos tempos modernos de crise. Não achei de onde surgiu, com quem surgiu, não tem nenhum significado bonito ou nobre. Eu sou muito à favor do noivo comprar uma gravata bem bonita e bem chique, deixar ela inteirinha durante a festa, e poder usar novamente em outras ocasiões especiais do casal!

converse com a gente
 0             0})
DEIXE SEU comentário
159 Comentários
  1. Priscilla, disse:

    Discordo. Acho que cada caso é um caso e cada casamento traz a opinião, valores e etc dos noivos. Quando o casal é rico, já está com a lua de mel pra lá de planejada, a festa foi perfeita e enfim os noivos tem muito dinheiro, eu acho desnecessário. Mas vamos pensar numa casamento onde os noivos fizeram tudo com extremo sacrifício, a festa foi bem simples e a lua de mel eles nem sabem se vão ter, acho mais que justo. No casamento vc recebe amigos, família e pessoas próximas e queridas, sendo assim, ninguém vai se importar com a brincadeira. Eu acho uma ótima forma de ajudar os noivos a não ficarem tãooo quebrados depois do casamento e de terem um dinheirinho a mais pra lua de mel, pra comprar alguma coisa pra casa que esteja faltando ou algo assim.
    Beijinhos Fê. Ótimo blog!

  2. simone, disse:

    Eu acho isso a coisa mais constrangedora do mundo, além de ser uma grosseria, uma falta de educação. Eu já estou avisando a todos os amigos do meu noivo e fui enfática: não só a assessoria estará avisada para impedir essa palhaçada, como também os seguranças do buffet estão autorizados a recolher gravata, dinheiro, e o que quer que seja utilizado para essa finalidade patética. Bjos

  3. Priscila Karen, disse:

    Fernanda, que post mara!!! Adorei e concordo em número, gênero e grau com tudo que vc disse. No meu casamento tb não deixamos passarem a gravata (eu meu meu noivo éramos contra) inclusive avisamos que a gravata não seria passada e que todos ficssem muito avontade até a festa acabar. É muito comum vc notar que quando a gravata começa a ser passada, o pessoal começa a se levantar e ir embora…..affffffff Minha festa foi até 6 horas da manhã e a pista de dança estava cheia ainda. Acabou pq tinha o contrato de horário com o DJ rsrsrsrsrsrsrsrs

  4. Angelica, disse:

    Oi Fernanda, seu blog é um achado, para mim é o mais cult e chique sobre casamentos. Mas já que o assunto é polemico e todo mundo pode dar opinião vamos lá:
    Trabalho em um dos hoteis mais glamuroso do Brasil, e em 95% dos casamentos realizados aqui rola essa brincadeira da gravata, com certeza não é para arrecadar dinheiro e talvez sim como simplismente uma brincadeira dos homens da festa.
    E particulamente quando meus amigos casaram ouve o lance da gravata também, então nunca vi com maus olhos … aliás, NA MINHA OPINIÃO, quem é amigo de verdade dos noivos e não apenas um conhecido/ convidado ama participar efetetivamente de todas as coisas que os noivos propoe para a festa …

    E Fer, também achei que você foi um pouco indelicada com aquelas que já fizeram isso em seu casamento, por exemplo, como eu disse eu acho todas as dicas que vc dá de excelentissimo bom gosto, então se vc fala tão radical contra isso eu vou achar q paguei o maior mico do mundo no meu casamento e seu eu estivesse de TPM iria chorar uma semana lembrando disso … entende?!

    Obrigada por sua disposição em compartilhar coisas tão lindas com a gente.

  5. Rafaela, disse:

    Fer,
    Assino embaixo! É desagradável e contrangedor essa ” brincadeira” do cortar a gravata! Acho horrível!

    Bjo

  6. fabricia onha, disse:

    Sempre disse que no meu não teria e não teve…graças a Deus. Se a pessoa quiser e gostar , beleza! Mas eu tb sou contra e acho que são muitos gastos que o convidado já tem. fora que vão prá festa sem carteira, bolsa (normalmente sem muito dinheiro ou nenhum) então é constrangedor ficar pedindo ou passando gravata de mesa em mesa. Concordo plenamente que é uma celebração, confraternização , e nao hora de misturar tudo isso com o bendito dinheiro!!! Falei muito de dinheiro meses e meses antes do casamento, mas no dia dele nao queria pensar ou falar nele, acho q é um momento cheio de emoções, alegrias, amigos, familiares e o dinheiro destoa de tudo isso.

  7. Cybele Costa, disse:

    Concordo totalmente!!! Eu acho mais que terrível, uma mega falta de educação!!
    No meu casamento não terá de jeito nenhum!! Nem eu nem meu noivo gostamos dessa “brincadeira” se é que podemos chamar isso de brincadeira…
    Parabéns de novo Fê…
    Beijosss

  8. Camila Stecca, disse:

    Nossa gente, me diverti com esses comentários rsrsrs!!! Não sabia que esse assunto era polêmico assim…E eu adoro polêmicas!!!
    Só fui em um casamento onde isso aconteceu e pra completar o show de horror, teve a coisa do sapato da noiva, achei o Ó, muito chato além de interromper a festa e constranger os convidados.
    Tudo de bom a idéia do uísque e tudo de péssimo o cara que entregou o convite e mandou o aviso do “dim dim”. Deeeeeeeeeeeeeus me livre, falta de noção total né???

  9. Paula de Mesquita Busso, disse:

    Gente,
    eu acho legal todo mundo expressar a opinião, mas algumas eu achei que foi demais. Quem sou eu pra falar, mas beleza….
    vcs sabem que tenho umas amigas que são canadenses de família italianíssima e nos casamentos dos amigos e família das duas, levam envelopes com dinheiro e dâo de presente aos noivos. EnTão é assim: tem o bridal shower, o nosso chá-bar onde elas ganham presentes bons, mas não caros como uma geladeira por exemplo. E no casamento, as famílias presentes levam um envelope com dinheiro, no mínimo 100 dolares por seat, ou seja, por pessoa da família. Elas me disseram que no último casamento da família que foi do irmão delas, eles ganharam 45 mil doláres com isso. Mas não passa ninguém recolhendo, tem uma urninha que todos os convidados depositam seus envelopes ali.
    Achei uma boa, mas não que eu queira jamais isso no meu casório. Agora a gravata, eu receio que meu noivo não vai abrir mão, não pelo $ da lua de mel, mas sim pela brincadeira e palhaçada(no melhor sentido possíle da palavra) que eles vão fazer na hora.

    Fe fe, adoro seu blog.
    Obrigada por tudo! (Você nem sabe o quanto está me ajudando)

  10. Kamilla Campos, disse:

    é como uma amiga diz : Hj em dia quando a gente vai para uma festa de casamento ,difícilmente levamos -sedinheiro..Leva-se apenas um cartão de crédito e alguns trocados para o flanelinha,daí na hora que passa a gravata a pessoal fica super constragido em não está com dinheiro para ajudar.

    Hj nessas comunidades de noivas ,vejo muitas rodadas de gravatinhas de biscuit,então acho q a situação fica ainda mais crítica,pois já não é uma brincadeira feita por padrinhos e amigos e sim planejada pelos noivos,ficando super sem graça!!!

  11. Ruth, disse:

    Esse assunto é polêmico mesmo… rs.. Alguém já ouviu ou viu sobre substituir a gravata por alguma bebida, e os convidados ficam a vontade para colaborar com o qto quiserem/puderem?? Por exemplo doses de tequilas, a serem servidas???

  12. Erica, disse:

    Gente, eu SINCERAMENTE não vejo problema algum. Como muitas comentaram, todo mundo está super acostumado porque realmente é muito frequente hoje em dia, e parando pra pensar, é um momento super legal entre o noivo e os seus padrinhos. Essa é uma hora da festa que é pra eles se divertirem e participarem ativamente, e eu tenho certeza que a noiva vai ficar feliz se ver seu marido e amigos felizes também. Eu sei que eu vou. Acho que é um momento de descontração, e sinceramente, não é pela grana. É muito mais pela diversão.

  13. Jaqueline, disse:

    Vou me casar em fevereiro e não há quem tire da ideia do meu noivo e dos padrinhos dele a “brincadeira” da gravata. Vi em alguns sites o chaveiro de gravatinha, achei legal já que não vou conseguir me livrar disso mesmo, o que vcs acham???

  14. Aninha, disse:

    Olá…eu tbm sou do time do contra mesmooo!!! Acho falta de educação, e vou contratar uma cerimonialista pra poder tomar conta disso na festa…eu não quero, meu pai tbm não e meu namorado é a favor…já viu…
    Meninas…isso é muitooo polêmico…Bjos pra todas e pra vc, Fer!

  15. Fernanda Alves, disse:

    Eu, sempre que sou convidada de casamentos, levo alguns reais a mais pensando na bendita gravata. Acho que a brincadeira depende muito do “espirito” dos padrinhos/amigos que estão fazendo a dita cuja… Pode até ser divertido, mas o que não da mesmo é ficar constrangendo convidados: se a pessoa disse que não trouxe dinheiro, não trouxe. Se a pessoa deu 20 reais, agradeça e não peça 50.
    Agora, me casei no final de outubro. Não teve gravata. Pelos motivos que a Fernanda citou: toma muuuito tempo e acho desnecessario. E além disso, meu noivo (ops marido hehehe) é timido e francês. O casamento foi aqui no Brasil, ou seja, muitos convidados eram pessoas que ele mal conhece. Ele não ia se divertir nem um pouquinho, seria é um verdadeiro sofrimento!
    E para evitar o problema, foi muito simples: avisei os potenciais engraçadinhos (você conhece seus convidados, é so pensar um pouco e os nomes virão à cabeça) e avisei o cerimonial. E voilà, não houve nem mesmo tentativa!

  16. LUCIANA LADEIRA, disse:

    Fê, tb sou da opinião que acha deselegante passar a gravata, mas como tudo na vida, tem exceções, vou te contar uma. Fui a um casamento que passaram a gravata do noivo, tudo de forma light, muito alegre mesmo e sem sequestrar o noivo. Mas, o mais divertido é que não sei como, os amigos do noivo arrumaram uma maquinha daquelas de cartão de crédito e quem dizia que estava sem dinheiro eles mostravam a maquinha dizendo que aceitavam cartão, kkkkk!!! Foi tão surreal que me diverti muito com a criatividade. Neste dia eu achei o máximo. Vou ver se acho uma foto pra vc ver.

  17. Fernanda, disse:

    Olá a todas! Fê, eu acompanho o seu site desde q o descobri … (em agosto) e adoro tudo q vc mostra para nós e todas as idéias diferentes! No entando eu sou A FAVOR da gravata… para mim já é uma tradição.. e quase em todos os casamentos q eu já fui teve gravata.. e a maioria dos convidados se programa para isso. Sempre separa um dinheiro do presente para entregar na gravata.
    Mas eu concordo q não há necessidade de constranger os convidados, e essa é uma tradição q depende da região do país… A gente conhece nossos convidados, então basta se programar.
    Além disso, muitos casais q eu conheço conseguiram sair de lua de mel justamente por causa da gravata.

    Até a todas!

  18. André, disse:

    Olá meninas, tudo bem? Pelo que eu andei lendo acho que sou o primeiro homem a comentar. Bom eu sou contra esse lance de dar dinheiro. Sou muito contra, me sinto muito mal nos casamentos que eu vou e fazem isso as vezes eu chego até a sair da festa quando começam a fazer isso algumas vezes as pessoas chegam até a humilhar nas brincadeiras. Em alguns casamentos eu nem carteira levei apenas a habilitação. Fui no último sábado em um casamento e a situação foi tão humilhante que os amigos do noivo fizeram uma roda em volta de mim e de outros convidados que não deram dinheiro e pareciam que iriam nos roubar. Foi um empurra-empurra terrível. Eu estou noivo e minha noiva não vê problema em não haver o momento do “corte da gravata” porém ela tem medo da família dela ficar frustrada pois no casamento do irmão dela teve, no casamento dos primos dela, enfim em todos os casamentos da família dela tem esse momento. Gostaria que vocês me ajudassem com alguma dica de como podemos ou o que podemos fazer para não frustrar a família dela. Obrigado e parabéns pelo blog.

  19. Marcia de Paula, disse:

    Que pena!
    Claro que devemos guardar as tradiçoes, mas aqui mesmo em outra materia li que o mais importante no dia do casamento deve ser a felicidade, e se o casal acha divertido, quem somos? expert ou nao no assunto para criticar qualquer “nova atitude”? beijos a todas

  20. Fernanda, disse:

    André,
    acho o seguinte, se vc realmente é contra, sua noiva vai entender, e conversando com os amigos mais próximos dá para evitar o lance da gravata. Agora, isso deve ser primeiro decidido entre vocês dois, uma vez que ambos possuem um opinião igual tudo fica mais fácil resolver. Agora, se ela realmente faz questão da gravata, acho que deve conversar com os amigos para que não haja nenhum tipo de humilhaçao ou constrangimento dos convidados… conversando, tudo dá certo!!

  21. Rafaella, disse:

    É engraçado 90% dos comentários derem contra a brincadeira, mas a mesma ocorrer na grande maioria das festas!
    Eu acho que se o convidado é realmente próximo ao casal, irá curtir e se divertir com a brincadeira, afinal, é uma brincadeira!
    Outro fator importante é que nem todos os casais tem uma vida financeira estruturada, e qualquer ajuda $$ é muito bem vinda!
    Não vejo mal na brincadeira, lembrando sempre que em primeiro lugar deve vir o respeito ao próximo.
    No meu casamento terá pois o meu noivo faz questão, e não me oponho pois o casamento é dele também! Será um momento de diversão com os amigos, que são muito bem humorados!

  22. Larissa, disse:

    Essa brincadeira de cortar a gravata realmente é uma situação que deve ser comum no Sul/Sudeste!!!

    Sou de SSA e nunca fui a nenhum casamento para cortarem gravatas e pedirem dinheiro!!!

    Nunca tinha ouvido falar nisso!!! Apenas qdo começei a morar em SP!!!

    Eu particularmente vou para casamentos com o dinheiro do estacionamento e só!!! Nunca levo mais de R$30,00!!!

    E, se já foi dado presente, para quê pedir dinheiro???

    Nossa, acho uma falta de educação, mas respeito a opinião de todas!!!

  23. Juju, disse:

    Oi meninas! Estou lendo os comentários e vendo jogo do corinthians com meu noivo e dois padrinhos. O assunto da gravata é tão polêmico q ao pedir a opnião deles finalmente consegui atenção:) Resumo da história (após conferência masculina):pode ser engraçado ou constrangedor, depende de como é feito(pra não correr riscos decidimos não fazer)…Adorei os comentários a favor,acho q não é objetivo da Fer recriminar nenhuma escolha, certo Fer?Não sejam tão duras meninas!Bjos

  24. Lu, disse:

    KKKKK.. adorei os comentários! Tbm não gosto muito da idéia. O pior de tudo, é quando tem gente na festa que fica fugindo da gravata pra não ter q dar dinheiro, pensando no tanto que já gastou (presente..). Mtoooo constrangedor.

  25. gustavo, disse:

    OBSERVEI QUE SÓ TEM MULHERES COMENTANDO… LEGAL A INICIATIVA DESSE SEXO TÃO NOBRE… PENSO QUE SERÁ INTERESSANTE O COMENTÁRIO DE UM HOMEM…
    POR HORA ESTOU SOLTEIRÃO, MAS CLARO, TENHO UM SONHO DE UM DIA CONSTITUIR UMA FAMILÍA COM MINHA FUTURA PRINCESA, QUANDO A ENCONTRAR… RS. BOM, INDO AO MÉRITO… ACHO ESSE NEGÓCIO DE CORTAR GRAVATA EM TROCA DE DINHEIRO (pouco ou moeda), COM O PERDÃO DAS PALAVRAS: FARJUTO, MIQUELINO, TOSCO, CAFONA, ENTRE OUTROS ADJETIVOS… NO MEU PONTO DE VISTA É UMA TOTAL FALTA DE ELEGÂNCIA, VISTO QUE O CASAMENTO É UMA FESTA QUE EXPRIME UM CERTO “GLAMOUR”. TAMANHA FALTA DE ELEGÂNCIA, O NOIVO FICAR “MAL VESTIDO” E O PIOR, CONSTRANGENDO OS CONVIDADOS. JÁ VI “NOIVOS SEM NOÇÃO” ATÉ RECLAMAR DA “ESMOLA FORÇADA”. COMO JÁ DIZIA MEU PAI, PARA TODO BALAIO EXISTE UMA TAMPA. LOGO SE UM NOIVO FAZ ISSO, SIGNIFICA QUE A NOIVA ESTÁ SENDO CONIVENTE, SENDO CAFONA IGUAL O MARIDO! SEM CONTAR, COMO JÁ FOI COMENTADO, FICANDO SOZINHA… ORA! QUE DIA QUE EU IRIA DEIXAR A MINHA NOIVA SOZINHA VIU! AINDA MAIS NUMA DATA TÃO NOBRE E ESPECIAL! BOM, GRANDE ABRAÇO À TODOS. PARABÉNS PELA PÁGINA. THANKS!

  26. Carolina, disse:

    Eu teria vergonha do corte da gravata. Eu sei que é até comum, mas parece mendicância. E quando eu sei que os noivos não tem muito dinheiro fico pensando “coitados…devem precisar muito”. E quem dá fica meio com um ar de superioridade tipo “é, eu tenho dinheiro, huhuhuhu”. Enfim, detesto.

  27. Cassia, disse:

    Cara Fernanda adorei esta matéria. Na realidade eu estava com inúmeras dúvidas com relação a isso, pois minha acessora nos deixou bem a vontade para escolhermos se queríamos esta brincadeira ou não. Penso que é como se estivessemos cobrando ingresso para a festa kkkkkkkkkkk estranho!! Pois a esta altura os convidados já nos deram presentes e acredito que a festa mais do que arrecadação de donativos, seja um momento único onde reunimos amigos e pessoas queridíssimas para compartlhar conosco de nossa felicidade. Mas, achei bem interessante a idéia de uma amiga minha, em que o noivo jogou uma caixa de whisky e depois quem a pegou o noivo lhe deu a garrafa, foi bem bacana e divertido!! Quanto ao fato de o noivo não ter destaque acho que isso não condiz com a realidade, pois a festa é dos dois e para os dois, os amigos são em comum, mas muitos são amigos especiais para cada um individualmente e sem contar a família, enfim acho que tanto um quanto o outro no grande dia tem destaque e não precisam angariam fundos para se mostrar!!

  28. Bárbara, disse:

    De fato a brincadeira pode ser constrangedora dependendo do jeito que é feita, não vejo problema algum se um amigo próximo dos noivos passar a gravata, sem sequestrar o noivo, e sem constranger ninguém, pedir algum dinheiro. Muitos casais não tem uma vida financeira estruturada, juntam dinheiro durante muito tempo, com muito sacrifício para realizar o sonho de casar na igreja, bonitinho tudo nos conformes rsrs… e mal sobra dinheiro para a lua de mel, não vejo problema algum dos amigos intimos ajudarem o casal a ter uma lua de mel com um pouco mais de conforto.

  29. Taciana Lima, disse:

    Acho que você está exagerando .. as pessoas que são convidadas para um casamento são aquelas próximas do casal, senão é melhor nem convidar .. então é uma brincadeira .. algo que se torna divertido … vc está ofendendo a opinião dos outros. Se tem a sua, de apenas, não insute a opinião dos outros. Pessimo comportamento.

  30. Cíntia, disse:

    Vamos a polemica….
    Eu Cíntia, acho isso muito particular…. nos últimos casamentos que fui essa brincadeira partiam dos padrinhos, e o noivo, não estava presente, e muitas fotos foram tiradas…
    A gravata não era a usada no casamento, e sim uma gravata de presente, do padrinho agitador…
    O ultimo em que fui os noivos eram bem financeiramente, não precisavam, mas foi uma grande festa dos amigos do noivo… e sem contar que toda grana extra em casamento é bem vindo!
    Ninguém é obrigado a dar nada, tudo depende de como é conduzida a brincadeira!!!

  31. Roseli do MS, disse:

    A Fernanda resumiu tudo o que eu e meu noivo tbm pensamos! Achamos isso muito constrangedor p/ os convidados e feio p/ o noivo ter q sair pedindo de mesa em mesa! Afffffffff
    Fomos em um casamento recentemente aonde o noivo era arrastado pela gravata, quase enforcado por gente sem noção… :S
    Garanto que os convidados se sentem muito mais a vontade de saem elogiando o casamento que não tem esse tipo de brincadeira, que já não tem mais graça alguma!

  32. Mari, disse:

    Eu concordo em gênero ,número e grau.
    Acho muito deselegante esta história da gravata. Acho que se a intenção é juntar dinheiro é mais válido economizar em algum item que não seja tão importante…( lembrancinhas, veuzinhos,).
    No meu caso tenho um agravante, meus convidados virão de longe então já tem despesa com viagem, hotel, fora o salão, vestido, presente.
    Decididamente no meu não!
    Alias nos melhores que fui….não tinha
    Bjs

  33. Pedro Nolasco, disse:

    A OPINÃO DE UM HOMEM!!!
    Temos tantas diferenças num casamento entre homem x mulheres que se criam um infinito de piadas.
    Quanto a gravata, é uma brincadeira do noivo. Se ele quiser cortar, que corte! Ele sabe os amigos e convidados que possuí e saberá também se causará algum constrangimento.
    Eu também li as opiniões acima e pergunto…alguma vez alguma mulher deu dinheiro para a gravata do noivo? Eu, particularmente, nunca vi! Então esse constrangimento não seria dos homens? Perguntem a eles! O tal constrangimento ocorre quando o que pede não possui intimidade com o que dá. Isso ocorre muito quando os amigos do noivo estão organizando e pedem para os convidados da noiva e vice-versa.
    Enfim…embora muitas acabem achando uma opinião machista, tentei mostrar que é uma tradição masculina. Dêem suas opiniões para seus respectivos noivos, porém deixem que eles decidam.

    Minha noiva é como a maioria, contra. Mas os meus amigos nunca perderão a oportunidade de fazer uma boa bagunça. Por isso vou me encarregar de apresentar os baderneiros e esperar que eles façam brincadeiras elegantes.

    Bjs

  34. neusa, disse:

    Perfeito! O constrangimento é geral, como dizem convidados também gastam muito… e o constrangimento não será para quem tem o valor a dar e sim para quem não tem algum valor e essas pessoas ficam insistindo, fica muito desagradável.

  35. Bárbara, disse:

    Não sou noiva, nem casada, mas acho lamentável esse lance de cortar gravata…

    Os convidados, que já gastam dinheiro com presentes, roupas, cabeleireiro e maquiagem, e acabam dando o dinheiro em 95% dos casos porque se sentem constrangidos e coagidos.

    Para os noivos ainda, na minha opnião é mais constrangedor, porque a impressão que dá q eles estão passado fome.

    E essa história que uma ajudinha é sempre bom ,que casamento é muito caro é balela, porque ninguém é obrigado a fazer festa de casamento,e se a pessoa não tem dinheiro para lua de mel, ela que economize em outros itens da festa ou simplesmente não faça a festa…

  36. Dani, disse:

    Concordo e já avisei meu noivo que se ele não der um corte em seus amigos se eles insistirem em agitar o corte da gravata, quem vai interferir sou eu, daí já viu…
    Fui em um casamento que os noivos “não” passaram de mesa em mesa para comprimentar os convidados, entretando o noivo com o pessoal da gravata passou de mesa em mesa… para pedir dinheiro. Uma completa incoerência!

  37. Paula Gabriela, disse:

    Concordo plenamente com tudo oq vc disse! É terrível!
    E no último casamento que fui, além de tudo isso os padrinhos arrumaram umas tampas de panela e ficaram batendo uma na outra durante todo o “percurso”. Péssimo!

  38. Susymeire, disse:

    Olha, também concordo que é uma brincadeira de mal gosto. Talvez até justificável “como brincadeira” para “ajudar” os noivos.
    Pra mim, é sempre um momento constrangedor que a gente faz de conta que está tudo normal. Sem contar que o último casamento que fui, teve também a venda do sapato da noiva, só não sei como fazem com o sapato, porque a esta hora eu já estava de saída…

  39. Gediane, disse:

    Eu acho legal a brincadeira, acho muito divertida, nunca me senti constrangida quando me pediram dinheiro, no meu casamento quero que tenha, inclusive já comprei uns adesivos que vi na internet do tipo (mão de vaca, já dei pro noivo e atc).Enfim acho bem bacana, me sinto mal por fazer uma lista de presentes, isso eu acho estranho, quem puder dar um presente dá o que escolher.

  40. Michelle Ferreira, disse:

    Vou me casar no próximo final de semana e andei pesquisando diversos sites sobre o corte da gravata, porque acho um assunto muito complicado, mas acabei optando por cortar, porque meu intento não é arrecadar dinheiro, se gostasse tanto de dinheiro não teria gasto o tanto que gastei com essa festa……rsrsrsrsr.

    Eu sempre achei divertida a brincadeira, tinha gente que fazia cheque de 1 real e dava para o noivo. Desde que era criança sempre vi em todos os casamentos, é uma hora bem descontraída, mas acontece que a brincadeira às vezes extrapola, fui a um casamento em que o noivo passou a gravata e a noiva o sapato, nunca tinha visto essa do sapato! E eu não tinha levado bolsa para o casamento e não tinha dinheiro, fui muito constrangida, me chamaram de mão de vaca, insistiram muito, mesmo eu falando que não havia levado dinheiro. Teve um cara que colocou uma arma em cima da mesa… um circo de horrores. O meu pai tem pavor do corte da gravata porque já passou por situações extremamente constrangedoras.No último casamento que fui, chegamos na festa e não serviram nada, ficamos conversando um tempão e daí uns minutos passaram a gravata e o sapato… todo mundo morrendo de fome!!! Ficou parecendo que estavam cobrando para depois servir a comida. e o pior é que demoraram tanto, que todo mundo saiu da festa sem comer o bolo. Entendo o posicionamento de todas que são contrárias ao corte! Mas com medo de que essa brincadeira surja pelas mãos erradas e de qualquer jeito, decidi eu mesma organizar, o fotogáfo me presenteou com gravatas de plástico com as nossas fotos, vamos distribuir as fotos e adesivos para todos que contribuírem e também para aqueles que não contribuírem, com a mensagem: “já abençoei”, porque de certa forma, todo mundo que está ali está abençoando os noivos e isso é o que importa. Pedi a cerimonialista para acompanhar e não permitir que nenhum padrinho cosntranja os convidados. Se der certo eu venho aqui e conto depois.

    Beijos

  41. Dani, disse:

    nossa, é MUITO BREGA cortar gravata pra pedir dinheiro!!!credo!!!eu morreria de VERGONHA se fizessem isso no meu casamento!!!totalmente deselegante com os convidados!so vi isso em casamento de pessoas humildes..eu e meu noivo nao queremos esse tipo de “brincadeira” de mau gosto DE JEITO NENHUM!!!!Fernanda,concordo com vc em genero,numero e grau!!

  42. Karina, disse:

    Olha tive uma idéia e gostaria de opiniões.
    Também acho constrangedor o corte da gravata já que na maioria das vezes o convidado não leva dinheiro trocado na carteira e tem que aguentar ou outros enchendo o saco.

    Mas me caso em março de 2012 e tenho certeza que alguém vai acabar propondo esta brincadeira.
    Então pensei em fazer uma urninha ,ao lado as mini gravatas e alguns envelopes para quem quiser deixar algum recadinho dai teria uma placa com os dizeres “Querem contribuir com a lua de mel? Então peguem sua cota da gravata! Obrigada….”

    O que vcs acham?

  43. JOAO THOMAS, disse:

    Em minha opinião o “corte da gravata” pode ser levado a uma brincadeira movida pela tradição.Não necessariamente precisa ser constrangedor.Já fui em festas de pessoas milhionárias que passaram a gravata e não perderam o estilo.Temos que parar de pensar com que os outros vão pensar e “deixar de sermos sempre politicamente corretos”.

  44. Patricia, disse:

    Na verdade existem os dois lados… todos sabemos que esse $$ da gravata ajuda sim, isso não dá pra negar. O grande problema é o exagero. Cercar as pessoas pra pedir o dinheiro, chamar de pão duro pq deu pouco, querer que dê um valor maior… isso é horrível! Sem contar que a maioria das vezes os fotógrafos e o cara da filmagem estão acompanhando, registrando esse momento constrangedor. Agora, será que não existe uma maneira mais “delicada” de pedir para as pessoas contribuírem, se quiserem? muitos parentes e amigos próximos gostaria de poder ajudar sim, mas poderia existir uma maneira diferente… o que acham? Alguma sugestão?

  45. Eduardo Nogueira Rocha, disse:

    Sou homem e nunca tinha pensado nisso, mas após ler tudo o que vocês postaram aqui, estou disposto a pedir para a minha assessora retirar a gravata do meu casamento.

    Sempre participei de gravatas, mas analisando melhor o assunto, realmente gravata é muito chato, além de ser super cansativo e constragendor também para o noivo ser puxado pela gravata, enquanto os padrinhos ficam pressionando as pessoas a dar $$$$.

    Quero curtir a festa toda juntinho com a minha esposa…
    Vou pedir cotas de Lua de Mel pelo site, desta forma dá $$$ quem quiser e quem puder….é claro!,.

    Felicidades a todos!
    Eduardo

  46. Re Zamponi, disse:

    Fe,

    Confesso que estou bem em dúvida com relação a esta brincadeira, pois todos os casmentos que fui tiveram. Mas, é um saco vc já ter que sair com um dinheiro trocado sabendo que passarão a gravata.
    Talvez eu não faça.

    E deixa eu te perguntar…o que vc acha do caderno de mensagem aos noivos?

    Beijos,
    Renata.

  47. Érika, disse:

    Concordo que pedir dinheiro durante o casamento é, no mínimo, constrangedor, mas é verdade que a contribuição pode ajudar na lua-de-mel. Pensei em reservar um espaço para colocar o porquinho dos noivos com uma bela mensagem de agradecimento, onde as pessoas poderiam contribuir de forma espontânea e de coração… desta forma, apenas as pessoas que se sentirem a vontade optarão por fazê-lo. Aceito sugestões e críticas.

  48. Adriana, disse:

    Não acho tão absurdo assim passar a gravata porque já é uma coisa natural. Quando inicia a “passagem” da gravata em um casamento, as pessoas nem estranham, na verdade elas já saem de casa sabendo disso de tão normal que é. Não lembro de nenhum casamento que não tenham passado a gravata e em alguns já vi sapato e/ou calcinha da noiva. Isso vai de noivos para noivos, cabe cada um decidir o que é melhor para a sua festa de casamento. O que eu não acho elegante, é dizer que é deselegante fazer uma brincadeira tão comum, constrange as pessoas que já fizeram ou que pretendem fazer.
    Concordo que os convidados já vão gastar com várias coisas e por isso mesmo eu e meu noivo não vamos agitar o corte da gravata, mais se algum amigo for agitar e fazer não vou impedir e nem vou achar que meu casamento foi deselegante,

  49. Maria, disse:

    Eu e meu noivo éramos totalmente contra. Quando avisamos a alguns padrinhos eles nos criticaram…que tinha que ter…
    Vou me casar esse ano, e após pensar sobre todos os gastos e cuidados que estamos tendo escolhendo o melhor para nossos convidados, mudei de opinião.
    Você gasta com comida e bebida boa para recepcionar bem seus convidados, e porque eles nao poderiam retribuir a cortesia?
    para casais como eu que tem a festa paga pelos pais, e que precisa de uma graninha para a lua de mel, não vejo problema alguma agora.
    O que são 10 reais para alguém que realmente gosta de você e que percebe que tudo aquilo foi feito com carinho especialmente para ele?
    Saber que você contribuiu de alguma forma para proporcionar felicidade a aquele casal querido, é muito gratificante.
    Claro que deve ser feito com cuidado e sutileza…
    Por isso tenho pensado em maneiras diferentes de fazer isso…
    Um sorteio de algo especial como uma bebida desejada ou uma camisa de futebol autografada é diferente..ao inves de pedir você “vende” bilhetes…eu fui em 1 que os noivos fizeram isso e todo mundo quis participar por o prêmio era algo que todos queriam ganhar…foi divertido e sutil…
    Também pensei nas mini gravatinhas de tecido ou de chocolate…um mimo de agradecimento…
    Mas acho que vamos sortear uma bola de futebol autografada pelo ronaldo (fenômeno) e 1 camisa original autografada…
    Diferente e divertido! todos participam!

  50. Rodrigo Sthilberthn, disse:

    Caros,

    A quem escreve coloco uma dica: PROCURE SABER OQUE É CULTURA.
    A quem critica coloco: sao mulheres….
    Ao unico homem coloco: ja parou p pensar o motivo de se sentir desagradavel…..seria a falta ______ :

    Qto ao acharem deselegante, nao se iludam com estes pensamentos futeis. Estive no casamento de Rodholph Frienths (diretor de uma megaMultinacional) que se casou com uma brasileira. O mesmo fez questao de passar a CULTURA brasileira a frente.

    Por fim,

    Vale saber que isto é uma cultura brasileira sim, comecou com uma brincadeira em uma casamento na decada de 50, e os convidados acertavam a troca de prendas pelo corte da gravata……o tempo foi passando e as prendas viraram numeros R$….. e hoje neste grupo virou POLEMICA : nao nao……voces apenas se colocam tentando prestar certo tipo de CLASSE…. bobagem

    Abracao a todos…..

    Uma perguntinha….
    Oque é pior…oferecer uma gorgeta pelo pedaco da gravata de um “amigo”, ou oferecer um proximo casamento jogando o BUQUE :

    ___________________________________________________

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

A Thaís é uma das leitoras que foi selecionada para a festinha de aniversário do blog. E essa semana, ela compartilhou comigo algumas fotos e fatos da festa de noivado dela (que já havia aparecido no blog da Maíra Preto).

O que eu fico feliz é que cada vez mais pessoas estão comemorado com festa o noivado. Eu acho o máximo mantermos estas tradições, celebrar com as famílias.

Mas no caso da Thaís, foi mais que isso. Nas palavras dela, “para os armênios, o noivado é tão importante, ou até mais que o casamento”.  Durante a festa de noivado, há o ritual católico armênio, como se fosse uma missa, com a benção do casal e das alianças. E a oficialização de um compromisso assumido entre ambas as famílias.

A festa de noivado também é bastante parecida com uma de casamento. Segundo a Thaís, muitos fazem festa de noivado para 300, 400 pessoas, mas ele preferiu algo menor, eram 60 convidados, e foi realizado num restaurante. Toda a festa foi organizada pela noiva e a mãe dela, com ajuda da assessoria Marriages, que fará também o casamento. Arranjos de flores foram providenciados, luz ambar para dar um toque intimista, e até um DJ, que fez a noite animar e todos acabaram dançando!

fotos Noivado-162

fotos Noivado-131

fotos Noivado-378

noivado

Se você for fazer uma festa de noivado assim, que seja bem diferente da festa de casamento. Por exemplo, outras flores, outra cor, outros docinhos – para não tirar o fator surpresa da festa de casamento! Essa foi uma dica que a Thaís recebeu da assessoria dela e seguiu à risca, e eu concordo plenamente.

Fotos: Maíra Preto

converse com a gente
 0             0})
DEIXE SEU comentário
22 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Sua festa foi perfeita. A comida estava deliciosa, o DJ fez a pista lotar, a decoração foi elogiada por todos, e seu vestido arrancou suspiros de todas moças! Você não quer que todo este sucesso vá por água abaixo na hora em que os convidados estiverem indo embora, certo?

jornal

Algumas dicas:

* Quantos manobristas trabalharão na festa? O estacionamento em que eles irão estacionar os carros é muito longe? É muito chato ter que aguardar muito tempo pelo carro.

* Se o convidado irá buscar o próprio carro, ter certeza que o lugar tem iluminação e segurança.

* Cadeiras e bancos para as moças de salto-alto e senhoras esperarem sentadas pelo carro, por favor.

* Há um ponto de taxi próximo? Os manobristas irão chamar os taxis, ou convidados terão que sair pela rua procurando por um?

* Que tal ter uma bancada com o jornal do dia seguinte amarrado em laços para quem quiser levar? Muito chique, não?

* No inverno, copinhos de chocolate quente servidos na saída, para nos aquecermos enquanto aguardamos o carro.

* Aquelas plaquinhas de carro agradecendo a presença são gentis, mas não mais novidade. Já uma lembrancinha em cada carro, como garrafinha de água ou caixinha de bombom com bilhetinho de agradecimento é sempre um mimo agradável.

* Muffins ou cupcakes com uma plaquinha dizendo “Me leve para o café da manhã”, adoro!!

Porque a última impressão também fica.

converse com a gente
 0             0})
DEIXE SEU comentário
28 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>