Quando você casa, quer receber logo as fotos, certo? Mas depois que recebe, não consegue escolher as melhores para fazer o álbum! É até engraçado: primeiro são as noivas insistindo para os fotógrafos entregarem logo as provas, e depois os fotógrafos quem tem que insistir para as noivas escolherem logo as fotos!

Então resolvi escrever este post com algumas dicas para te ajudar na escolha das fotos para o álbum. Para não me basear somente na minha experiência, pedi a opinião de 3 fotógrafos experientes. Conversei com a Renata, que cuida do atendimento do Fabio Laub, também com o Juliano Godoi e a Rejane Wolff.

albumcasamento

Tenha em mente:

* O álbum tem que contar a história do seu dia de casamento, do começo ao fim. Muita gente erra escolhendo muitas fotos dos noivos juntos, fica parecendo um catálogo de noivos, e não a história do dia.

* Como bem disse o Juliano Godoi, o álbum tem que ser “equilibrado”. Em resumo:  o making-of é expectativa, cerimônia é emoção, fotos dos noivos é criação (para o fotógrafo viajar), festa é descontração.

* Segundo a Renata, um álbum bem montado é um álbum editado. Isso significa uma escolha qualitativa, e não quantitativa. Muitas fotos só tornam o álbum cansativo e repetitivo.

* Peça ajuda para seu fotógrafo. Faça uma seleção inicial, e mesmo que esteja com muito mais fotos do que o combinado, leve para ele ver. A maioria dos fotógrafos se dispõe a ajudar nesse processo. Os noivos tem uma visão emocional das fotos, e o fotógrafo pode te ajudar com a visão técnica. Isso significa indicar as fotos que estão com melhor luz, mostrar que algumas fotos escolhidas são iguais, apenas de ângulos diferentes, e por isso repetitivas, e assim por diante. Isso aconteceu comigo. Eu não conseguia escolher menos do que 200 fotos, o que é muito! Levei minhas 200 escolhidas para a equipe do Fabio Laub, e eles me ajudaram a definir as melhores!

* Tanto a Renata com a Rejane Wolff comentaram sobre o cuidado com a diagramação do álbum. Álbum de casamento é para durar a vida toda, portanto o ideal é que seja clássico e elegante. Cuidado com muitas “firulas” (como disse a Rejane), pois mais fácil ele ficará datado e cansativo. Quando os álbuns começaram a ser montados em formato de livro e não mais foto revelada, muitos fotógrafos exageraram no “Photoshop”, criando efeitos mil nas páginas, com fotos inclinadas, muitas sombras e contornos, sobreposições, montagens e mais montagens. A não ser que você se identifique muito com essa estética mais “poluída”, não se usa mais fazer tudo isso. Menos é mais. Fotografia é uma obra de arte. O mais bonito é a foto pura na página, sem as “firulas” – não só bonito como atemporal.

* A Rejane ainda reforçou: Os álbuns de casamento premiados mundialmente são os de diagramação menos rebuscada. A intenção é mostrar a beleza da foto, e não da montagem.

* Cuidado com o excesso de fotos dos padrinhos. Eu entendo que são pessoas queridas, mas é importante ter a lembrança de todos que estiveram na festa, e não só dos padrinhos. É desnecessário fotos da entrada dos padrinhos e dos padrinhos no altar. Mais uma vez, tanto a Renata como a Rejane comentaram que a tendência é usar apenas de 2 a 4 fotos com todos os padrinhos (padrinhos do noivo, padrinhos da noiva, só os homens, só as mulheres, algo assim…). Fica mais natural, descontraído, sem ser repetitivo.

* Numa fórmula rápida, tente escolher as fotos para o álbum seguindo esta proporção:

10 % para making of

30 % para cerimônia

30 % para protocolos, como corte do bolo, brinde, padrinhos, mais decoração e detalhes.

30% para fotos da festa e convidados, incluindo jogar o buquê.

* Um segredinho: me ajudou muito ter recebido do meu fotógrafo todas as fotos num CD. Copiei as fotos numa pasta do computador, e fui escolhendo por eliminação. Achei bem mais fácil assim, fui deletando as que eu não queria, as repetidas, etc, até chegar nas mais especiais.

* Escolha uma foto de um detalhe para a abertura do álbum, fica muito bonito. Pode ser o buquê, as alianças, o terço…

E mãos à obra! Estipule um prazo para si mesma e escolha as fotos junto com o noivo!



converse com a gente
 0      0       0})
DEIXE SEU comentário
65 Comentários
  1. , disse:

    Fê!
    Albuns como o que você fez são a melhor opção?! Tem como ter as fotos para colocar em porta retratos também?´É uma opção que o fotografo dá?!
    bjos

  2. Rubia Camargo Vilas Boas, disse:

    Casei dia 03 de Outubro de 2009…as copias deram um total de 1650 fotos….já consegui chega em 190 mais acho q seria bom umas 150 pra um album de 50 laminas né…ha e ja estao inclusas as dos padrinhos que eram 8 de cada lado,as lembrancinhas q dei para as 8 madrinhas,mack of meu e do noivo,1 do bolo 1 do brinde,a arrecadação do dinheiro da gravata…todos os detalhes…oque vc acha da quantidade…não consigo tirar mais nenhuma…qto mais olho mais quero recolocar as excluidas…obrigada…Bjus

    • Fernanda Floret, disse:

      Rubia, peça ajuda para a equipe do seu fotógrafo, eles conseguirão te ajudar na seleção. Beijos

  3. Dani, disse:

    Olá Fernanda!
    Estava realmente precisando ler seu post. Adorei, nos ajudou muito!
    Parabéns pelo trabalho, abraços!

  4. Carla Florio, disse:

    Muito Obrigada!
    Me ajudou muito a sua opnião.
    Valeu!!!

  5. adma Nivia, disse:

    Oie, esse post e show, porque estou com um dificuldade tremenda pra escolher as fotos de para diagramar um álbum de casamento. Geralmente são os noivos que escolher mais o álbum aqui comigo eu mesma que escolherei as fotos. São num total de 2700 pra deixar 200 e difícil, alem do mais a cerimonia foi de dia então tem muitas fotos lindas mais com o lado do rosto estourado, esta difícil mesmo.

  6. Patrícia Reis, disse:

    Oiiie, menina adorei esse post,é tudo que as noivas precisam saber..a gente sempre fala isso pra elas, mas ainda assim, elas tem dúvidas muitas dúvidas…Parabéns..

  7. Cássia, disse:

    Nossa, estava com muitas duvidas referente a fotos dos padrinhos, quase escolho uma de cada um, então decidi
    3 fotos, padrinhos e madrinhas todos juntos, somente homens, e somente as mulheres, ficou muito legal.Obrigado

  8. Patricia Pereira, disse:

    Ainda não consegui escolher as fotos do meu casamento que aconteceu em 2010, e agora lendo teu Blog, pensei melhor e coloquei mãos a obra, valeu as dicas, Obrigada *_*

  9. Euzimar, disse:

    Adorei suas dicas, estou escolhendo as fotos para meu albúm de casamento e estava procurando na internet alguém que falasse sobre o assunto e adorei saber que não sou a única a ficar indecisa na escolha, valeu as dicas, obrigada :)

  10. Erlayde, disse:

    Tenho muita dúvida em relação as fotos, por exemplo: Vejo alguns albúns de casamento em que os noivos colocaram muitas fotos de convidados separados, amigo do amigo, aquele amigos que insistiu pra tirar foto etc etc. É viável tanta foto de convidados? Como fazemos essa seleção pra não ficar chato quando um convidado for ver o albúm e ver que sua foto não está lá?

  11. karla, disse:

    não consigo escolher minhas fotos, são quase 3000, para escolher 100…. me ajudem…

    • Fernanda Floret, disse:

      Karla, para mim o problema é o fotógrafo entregar 3.000 fotos. Poderia ele já ter feito uma seleção melhor. Minha dica é você fazer por eliminação, vá apagando as menos importantes, as repetidas, e assim você chegará nas 100 melhores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Em 01 de Janeiro de 2010 a década dos anos 1o. Você já pensou em como será a SUA década?

E como serão os anos 10 no mundo dos casamentos?

Vocês que se casarão neste e nos próximos anos estarão escrevendo os costumes, moda e tradições de nossos tempos. Será que o tomara-que-caia continuará reinando nessa década? Será que o espumante continuará sendo a bebida principal? Novos estilos de álbum de fotografia surgirão? Haverá filme de casamento em 3D?

love

O que eu desejo? Que casamentos sejam menos eventos sociais e mais lindas histórias de amor, que as tradições sejam mantidas, mas incorporando as tecnologias de nossa época, e principalmente a personalidade dos noivos.

Que venham muitos pedidos de casamento, muitas noivas lindas, muitos casamentos felizes! Feliz Década Nova!

Foto: Sweet Harvey

converse com a gente
 0      0       0})
DEIXE SEU comentário
16 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Recebi o e-mail da Vivian, que não terá o pai presente fisicamente no casamento. A dúvida dela é se entra sozinha, se entra com a mãe ou se entra sozinha e perto do altar a mãe se encontra com ela, para a entregar ao noivo. Essa é uma dúvida que somente a própria noiva pode resolver, o coração tem que mandar. Não tem certo ou errado para o cortejo nessas situações, qualquer uma das três opções descritas acima será lindo.

A Jessica Manes, de Brasília, contou que é filha única de mãe solteira e que não entraria com ninguém que não fosse sua mãe.  O detalhe é que o vestido da mãe da Jessica foi feito em cores harmonizando com o bouquet escolhido pela noiva! E não é que ficou bonito?!

Cerimonia 0245

Cerimonia 0257

Vocês sabiam que Brasília é a 4ª cidade que mais acessa o blog? :-) E se eu fosse uma noiva de Brasília, iria fazer como a Jessica, que se casou na Catedral de Brasília, obra belíssima de Oscar Niemeyer, e aproveitou a arquitetura do local para as fotos de recém-casada!

Cerimonia 0729

Cerimonia 0730

PS: Gente, pelo amor de Deus, não vão sair mandando a mãe fazer o vestido da cor do seu bouquet, não existe essa regra! Só quis mostrar que nesse caso ficou bonito.

converse com a gente
 0      0       0})
DEIXE SEU comentário
60 Comentários
  1. Sylvia Ferreira, disse:

    Oi Fernanda, tudo bem?
    A idéia da Jéssica em entrar com a mãe é linda e reconfortante, mas ainda não me sinto a vontade.
    Não há um só dia em que não penso no assunto… se entro com minha mãe ou sozinha. Queria mesmo entrar sozinha, pois meu pai sempre foi presente em minha vida e faleceu há pouco tempo. Apesar de amar muitíssimo minha mãe, acho que o espaço ao meu lado é dele e ele estará lá comigo. Por outro lado tenho medo de ficar muito nervosa, emocionada e ser um momento triste…
    Será que alguma noiva que entrou sozinha pode me descrever a sensação?

    obrigada meninas, beijos
    Sylvia (sylviacferreira@gmail.com)

  2. Lúcia, disse:

    Sylvia,
    Quando me casei, meu pai já era falecido e optei em entrar sozinha pois não havia ninguém q pudesse substituí-lo naquele momento tão importante . Alguns foram contra, outros a favor, mas eu estava muito decidida. (pra vc ter uma ideia, uma tia do meu marido falou q eu não ia conseguir e q iria desmaiar no meio do caminho ! e uma tia minha, minha madrinha, disse : “segura na mão de Deus e vai !!!”). Um detalhe: foi um casamento muito grande, numa igreja enorme e lotada ……Combinei um código com meu marido : quando eu estivesse entrando, junto c/ minhas 5 daminhas, no momento que eu soltasse uma das mãos do buquet, ele sairia do altar e iria me encontrar…..Deu tudo certo: qdo eu estava quase chegando (não desmaiei), meu marido veio ao meu encontro e subimos juntos ao altar……Foi lindo e emocionante e não foi triste – senti a presença do meu amado pai me dando força. (detalhe: estavámos todas de branco, eu e daminhas, a decoração era branca e era de manhã….uma nuvem branca ao som da Marcha Nupcial…)
    Hoje entrei aqui para procurar dicas pois estou preparando a comemoração dos meus 25 anos de casada !!!!!
    Tudo de bom pra vcs !!!! Espero ter te ajudado !!!! (será que seu casamento já aconteceu ???)

  3. Raissa, disse:

    Ola, estou adorando cada dica que encontro aqui.
    estou planejando casar no inicio de 2014(será q é muito cedo pra começar a pensar em tudo? rs)tenho pela frente ainda algum tempo e por gostar da perfeição ja comecei logo. se puderem me dar dicas de onde fazer o bolo eu gosto da maria amelia mas se tiver um lugar melhor e mais em conta tbm vale a pena, lugares pra fazer a festa, to em duvida entre casar na igreja ou a céu aberto…aii tanta coisa fico louca. rs bom gente é isso meu e-amil ta ai pode mandar muita coisa to muito afim de saber tudo que posso fazer e o que não devo fazer no meu casamento.
    ps: adoro decoração com mesas de madeira essa coisa mais rustica fica legal em casamento?
    bjinhos

  4. Leticia, disse:

    Adorei seu blog!!! Lindooo….
    O casamento na catedral é realmente perfeitOOOO…
    xD

  5. Lívila, disse:

    Fernanda, eu acesso o blog todo dia! O seu blog tem fotos e vídeos muito diferenciados: de casamentos reais. A propósito, sou de Brasília! rs Bjs

  6. Marcela, disse:

    Gostei da idéia de entrar com a mãe. Também sou filha de mãe solteira, me caso em abril/2012 e estava pensando em entrar sozinha. Muitos familiares não gostaram da idéia e querem que eu entre com meu irmão. Estou num dilema.

  7. Jessica Scaléa, disse:

    Marcela, minha família também criticou minha escolha antes do meu casamento, mas depois que viram o quanto foi emocionante e o quanto fez sentido entrarmos juntas, todos foram só elogios. Siga seu coração e se for sua vontade, entre com sua mãe. Beijos

  8. Evelyn, disse:

    Meu pai faleceu a 3 anos e estou no mesmo dilema que algumas de vcs… Não tinha pensado nisso, mas achei uma ótima idéia entrar com a minha mãe… vou madurando tudo até lá. será só ano que vem. Alguém sabe quando abre a agenda da catedral esse ano? bjs

  9. Marianna, disse:

    Olha, vou me casar em nov/12, e tbm perdi meu pai a 2 anos, e já coloquei na cabeça que entrarei sozinha na igreja, pois tenho certeza que ele estará ao meu lado. Sei que minha mãe é muito especial na minha vida, mas tenho comigo que teria que ser meu pai do meu lado, mas como ele já se foi, entrarei sozinha. Digo, que tem que é uma escolha muito difícil. Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>