Recebi um e-mail de uma leitora do blog, desabafando sobre todo o stress e ansiedade que ela está enfrentando durante os preparativos do casamento dela. Segundo o relato, ela gostaria de estar curtindo mais essa fase dos preparativos, mas a verdade é que tudo tem sido um stress, tudo motivo para “estourar” ou chorar, ela chega ao fim do dia irritadíssima por tentar resolver tudo do casamento.

Você também passa por isso? Posso dizer que é beeem comum, principalmente na reta final dos preparativos. Eu confesso apesar de ter AMADO a fase dos preparativos do meu casamento, eu também passei por isso.  (segue meu relato, o post ficou longo, sorry!)

Eu sou daquelas que prefere fazer tudo sozinha do que delegar para outras. Isso é ruim, porque acaba ficando tudo nas minhas costas, mas é o meu jeito. Na reta final do casamento, fiquei totalmente stressada. Ficava horas de madrugada na Internet escolhendo as músicas para a cerimônia e para o video do casamento. Dormia super pouco. Trabalhava o dia inteiro, e na hora do almoço e após o trabalho sempre ia visitar algum fornecedor, provar o vestido, pagar alguma coisa, levar algum convite a mais na caligrafia, enfim, resolver algum detalhe. Não lembro de ter almoçado direito nenhum dia nos 3 meses anteriores ao casamento. Quanto mais perto chegava o casamento, mais detalhes pequenos apareciam, e eu enlouquecendo. Não conseguia achar um brinco que eu gostasse para usar no dia; não conseguia decidir se entrava sozinha (meu pai é falecido) ou se convidava meu avô; uma das damas de honras adultas me avisou que não poderia mais ir ao meu casamento por causa de uma viagem de trabalho, tive que mudar uma madrinha e passar ela para dama de honra encima da hora;  minha cerimonialista sugeriu uma cortina no salão para minha entrada, e a decoradora não concordava, e eu no meio do fogo cruzado;  descobri que eu não tinha os pratos para colocar os docinhos, já que não estava incluso nem no orçamento da decoradora, nem da doceira;  só escolhi o porta guardanapo uns 3 dias antes do casamento; e o véu, que queriam me cobrar uma fortuna há 1 mês do casamento?! Quase fiquei sem véu!. Tudo isso e outras coisas junto, era uma bomba explosiva. Para vocês terem uma ideia, uma noite meu então noivo ia jantar comigo na casa da minha mãe, e eu pedi pra ele trazer um pacote de batatinha palha. No supermercado só tinha batatinha sabor ervas, e ele comprou. Quase matei ele, rs, gritei que nem uma louca que ele não sabia nem comprar uma batatinha… era tudo stress acumulado.

Chegou um ponto que eu estava querendo que a festa passasse logo, para poder descansar na lua de mel. Daí parei e me perguntei “Poxa, estou me dedicando tanto, fazendo tudo o melhor possível, gastando tanto dinheiro, e agora quero que passe logo a festa??!!”. Depois que essa frase veio à minha cabeça, comecei a me comportar de um jeito diferente. Era tanto tempo dedicado a festa de casamento, não poderia querer que passasse logo, eu TINHA que aproveitar aquele momento.

Eu mudei a forma de ver os problemas. Passei a não ver mais problemas, e sim prioridades ou não. Se era um detalhe bobo, eu desencanava e pronto. Por exemplo a história da cortina no salão para minha entrada. Iria ficar mais bonito? Sim. Seria fundamental para o sucesso do meu casamento? Não. Então esqueça a cortina… caso encerrado. E assim por diante. Tem detalhes que a gente se estressa tanto, e nem são importantes para o sucesso do casamento. Passei a me desapegar desses detalhes, ficar só com as prioridades mesmo. E qualquer problema que aparecia, eu mentalizava “vamos resolver isso da melhor forma possível, sem stress, curtindo tudo”.

Me acalmei, e tudo deu super certo, voltei a curtir os preparativos e a festa, muito!

Moral da história: energia positivia só atraí coisas boas, ao mesmo tempo que stress só atraí problema porque você não consegue pensar direito. Mentalize coisas positivas, pense que você TEM que curtir muito isso, respire fundo e bola pra frente! Tudo vai dar certo!

converse com a gente
 0      0       0})
DEIXE SEU comentário
68 Comentários
  1. Andreza, disse:

    Oi Fe! Fiquei o dia todo tentando acessar o site, mas só dava erro, quase morri de inanição..rs
    Acho que tudo que você contou é um dos problemas mais graves dos preparativos… engraçado como a gente (mulheres em geral) desejamos tanto viver esses momentos, mas quando chega a gente transforma numa pendência gigante, né? Por isso adorei suas dicas!
    Tenho uma amiga que vai se casar e tá passando por tudo que você contou, é bem complicado. Mas acho pior quando a noiva tem problemas financeiro$$, acho que aí tudo se agrava… a gente vê tanta novidade, tanta coisa linda, mas nem 1/3 cabe no bolso… aí acaba gerando frustração, né? Dificil!

    Beijo

  2. Mel, disse:

    Para Graziana!
    Você deve ter convidado moças como suas madrinhas de casamento, certo?! Então menina, aproveita! Elas não servem só para assinar um papel e ficar de “ítem decorativo do altar”, mas sim para dar uma bela ajuda! Sim, elas podem e devem te ajudar! Não se sinta mal em convidá-las para participar deste momento! Aliás, elas podem se sentir honradas! E pode ser muito divertido! Bjos e use suas forças e a das madrinhas!

  3. Karina Santiago, disse:

    Obrigada Fe por mais essa!!!
    A dica da Mel também é válida, eu tenho contado muito com duas de minhas madrinhas, Pri e Má. Elas me dão dicas e me ajudam a programar as coisas que ainda não fechamos!
    O stress é inevitável, mas temos que curtir também e alías, O Vestida de Noiva nos ajuda a curtir em dobro todos os preparativos né Meninas?!
    Beijos a todas!

  4. Fernanda Floret, disse:

    Para matar a curiosidade da Flávia Oliveira –
    O véu que queriam me cobrar uma verdadeira fortuna, eu cancelei!! Fui na 25 de março, comprei o tule e a renda que eu queria aplicada na borda, levei numa costureira que fez o acabamento para prender o véu no cabelo, e depois minha mãe, com muita paciência, costurou a renda na borda. Saiu um terço do que queriam me cobrar, e ficou 3 vezes mais bonito!
    Sobre o brinco, um dia achei numa loja. Bati o olho e senti que era aquele o brinco.
    E olha que se me convidar para seu casamento, é capaz de eu ir mesmo. Adoro ir em casamentos, chorar com a emoção da noiva entrando na cerimônia! rs! Bjos!

  5. Narda Rafaela, disse:

    “Eu sou daquelas que prefere fazer tudo sozinha do que delegar para outras. Isso é ruim, porque acaba ficando tudo nas minhas costas, mas é o meu jeito”. Por que será que me identifiquei inteiramente com essa frase?
    Será porque sou noiva ou será porque somos arianas? rs rs
    Adorei seu post. Realmente é isso mesmo: se se deixar levar pelo stress, acaba-se não curtindo nada dos preparativos.
    Também estou esgotada e contando os dias para que o “grande dia” chegue logo (falta um pouco mais de um mês).
    A gente realmente tende a pensar logo na lua-de-mel para descansar e acaba que o real protagonista desses prepativos todos é o casamento em si, a celebração de uma união, e tudo o que vem junto! rs rs
    Beijocas

  6. Bruna, disse:

    Gentee, adorei este post tbm … acabei de ler todos os comentários, eu tenho uma tendência grande de me estressar com esse assunto “Casamento”.
    O meu será em Abril de 2011 e já Cotei quase todos os meus futuros fornecedores (Para evitar o estresse)
    No momento estou dúvida entre dois Sítios para casamento isso já está me deixando Louca oO.
    Meninas uma coisa me tranquiliza:
    Uma promessa de Deus: Buscai primeiro á Deus e as outras coisas lhe serão acrescentadas. Mateus 6:33

    Eu creio !!

    Bjinhus meninas

  7. Liana Motta, disse:

    Nossa, AMEI tanto este blog e os posts que já está nos favoritos e na página inicial!

    Fora que estou vivendo, diariamente, este temperamento estressado e explosivo de noivas.

    Ainda bem que desisti da festa (por motivos familiares) e só farei um bolo com champagne, senão tava internada há muito tempo … hihihihihihi

    Beijinhos flor, e parabéns pelo seu carisma e dedicação em ajudar a nós, pobres e ‘irreconhecíveis’ noivinhas.

    SUCESSO!

  8. Tatiana, disse:

    Esse post e ‘ MUITO OTIMO’ ! rs

    Me fez lembrar minha irma que terminou com o noivo na semana do casamento por uma coisinha boba. Uns dias antes da data marcada eles fizeram as pazes e sao casados ha mais de dez anos!

    Nessas horas e’ bom lembrar q nada e perfeito e que tudo sempre da certo…

  9. Helen, disse:

    Ah sou FÃ desse blog e da Fernanda claro. Caramba, como vc descreve PERFEITAMENTE oq a gente passa rss!!! Mal comecei a entrar no mundo dos preparativos, e veio a primeira divergência, o horário!!! Eu queria marcar às 19:00hs e meu noivo às 20:00hs!!! Tinha pensado mais cedo, pq vai ser inverno, anoitece cedo. Mas meu noivo estava irredutível, e antes de me estressar e brigar com ele (rss), resolvi pensar “uma hora a mais ou uma hora a menos não vai fazer tanta diferença, então não vou esquentar por causa disso”… me acalmei e no final achei até melhor mesmo o horario q ele escolheu!!!
    Bjo meninas…

  10. Mariana, disse:

    Que post mais providencial!!!! Faltando 2 semanas pro meu casamento às vezes dá vontade de arrancar os cabelos de tanto desespero. Mas,a Fernanda tem razão, precisamos curtir todos os momentos pq depois que passarem, passou, num tem mais… Eu hei de conseguir me controlar!!! Bjos.

  11. micheline, disse:

    Eu to assim atambém, mas tento não passar esse stress pro meu noivo, mas logico que as vezes é inevitavel. Estou na fase da insonia…isso é triste!

  12. Graziana, disse:

    Para Mel:

    Obrigada viu? É Mel eu sei, é que as poucas vezes que convidei algumas delas tive que ouvir algumas desculpas, não sei se foi só o momento, mas a maioria não tem paciência e é muito ocupada. Não tenho mãe perto nem algum parente em quem confio pra me dar opiniões… sinto-me tão só as vezes… o noivo que segura a barra e sempre fala que vai ser tudo lindo, que vai dar tudo certo. Ainda faltam 8 meses, mas tenho resolvido muitas coisas atualmente… e é uma correria danada… mas obrigada pelo apoio, eu vou tentar aproimar algumas madrinhas desses preparativos… são todas minhas amigas, mas a maioria nem pensa em casar! Bjoooo

  13. Bruna, disse:

    Ai gente vamos combinar que as amigas que não querem nem ouvir sobre nossos preparativos para o casamento são todas invejosas …né?
    Tenho pelo menos uma 3 destas rsrs é só falar sobre casamento que elas torcem o nariz. Isto irrita muito!
    (Tô aprendendo a controlar minha língua para não sair falando só sobre isto tbm … rsrs!!) Bjokas

  14. Joyce, disse:

    “Chegou um ponto que eu estava querendo que a festa passasse logo, para poder descansar na lua de mel”

    Fernanda, estou passando por isso, faltando 15 dias para a festa, ontem discuti com o meu noivo sobre pessoas que se convidam sem ter o convite sabe? Eu tô ficando louca… não digo por faltar comida ou por ter que pagar a mais, e sim por ter mesas para esses bicões… São 300 convidados… tô desesperada!!! Nossa, esse seu tópico veio num dia que eu estou mal, com dor pelo corpo (por causa do nervoso) e até febril… tô triste sabe? e deveria de estar feliz, afinal planejei faz 1 ano e meio essa festa e agora esse desânimo…

    Obrigada pelas palavras!!!

    um grande Beijo

    Joyce

  15. Adriana de M. Campos, disse:

    vou confessar uma coisa pra vcs….EU GOSTO DE FAZER TUDO, ESCOLHER TUDO, PARTICIPAR DE TUDO…mas não me estresso com NADA….faltam 105 dias para o meu casamento e ainda nem fiz a primeira prova do meu vestido…e nem tenho pressa(mas ele já tá todo pago)…heheheh…..até agora não contratei cerimonialista e só pretendo contratar para me acompanhar na semana do casamento mesmo…mas a verdade é q o grosso do meu casamento tá todo resolvido (comecei a ver td com mais de 1 ano de antecedência pra poder saborear com calma)…só faltam mesmo os meus detalhes e acho q vai dar tudo certo!!! e se algo der errado…é o MEU CASAMENTO…nada vai conseguir ofuscar minha felicidade e brilho nesse dia…NADA!!! se não precisar trocar o noivo de última hora então tá td certo!!! :)
    O fato é que me sinto rodeada por uma doce essência de casamento o tempo todo…e isso tá me deixando muito MUITO MUITO FELIZ! ZERO de “stress”!!
    bjos!

  16. Dalila, disse:

    Nossa, passo mto por isso!
    Mas o maior “terror” das minhas noites é definir como será meu casamento. Já tentei de TODAS as formas possíveis fazer festa, já fui ignorada por forncedor quando pedia orçamento pra fazer algo mais simples… Já pensei em várias possibilidades de realizar meu sonho. Não sou rica, não tenho condições de gastar 40 mil, 50 mil numa noite. Mas esse é o preço que se paga… Logo, para eu não ficar frustrada a vida toda e ter o prazer de me vestir de noiva voltei para a ideia inicial de fazer bolo e champagne. Ainda tô esperando o seu post sobre isso Fernanda! Quando casar mando minhas fotos pra vc… É duro essa fase! Já me desesperei demais por n ter grana suficiente.. mas já que é assim, q seja! Vai ser tão lindo quanto! Obrigaaada

  17. Adriana, disse:

    Esse post é um bálsamo para todas as desesperadas e ansiosas. Comecei a preparar tudo com dois anos de antecedência, o que tem me ajudado muito. Me caso o ano que vem. Mesmo assim, ja começou a rolar um stressezinho..rs..rs…E pesadelos então????? *rs* Ja sonhei que nao tinha vestido, que meu cabelo estava horrendo, que nao tinha buquê,…kkkkk
    Enfim…no fim tudo dá certo..
    Um bjo em todas

  18. Elisabete Rodrigues Cirilo do Monte, disse:

    Olá, querida. Em primeiro lugar, amo este espaço. É a primeira vez que deixo um comentário, mas faço questão de todo dia entrar e dar uma olhadinha. Tem me ajudado muito e diminuido a minha ansiedade.
    Sou ariana. Yes!! Sou super, hiper, mega, blaster detalhista e tb prefiro fazer sozinha do que pedir ajuda. Me caso em abril de 2010. É, falta pouco. E me desespero, porque existem muitos detalhes que quero no meu casamento. Quando me perguntam como estão os preparativos, já faço cara de cansada…rs. E me afirmam:”Ah, é muito gostoso, né?” e eu logo respondo: “Gostaria de estar curtindo mais, mas prá mim está sendo um estress”.
    Mas prometo para mim mesma, de hoje em diante, me lembrar deste post. :-)
    Já te considero parte da minha história de casamento,querida. Tenho certeza que vc ajudou e tem ajudado muitas noivinhas ansiosas como eu.

    Bjos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Cada uma tem seu item mais importante da festa de casamento. Para algumas noivas é o vestido, para outras as flores da decoração, etc. Para mim, disparado é o fotógrafo. Simplesmente porque fotografia é o momento congelado para sempre. E se o dia do nosso casamento é o dia mais importante e mágico de nossas vidas, então eu quero muitos momentos congelados lindos! Também porque não vemos tudo acontecendo neste dia: a decoração pronta antes dos convidados chegarem, nossa própria entrada, o olhar do noivo… são tantas emoções que no dia seguinte sempre parece que não nos lembramos de tudo. Mas o fotógrafo se lembra, ele fotografou tudo.

fotografo

Para escolher seu fotógrafo favorito:

* Pense quanto do seu budget você dedicará à fotografia. Há fotógrafos de todos os níveis de preços no mercado.  Lógico que os bons, em geral, são + caros: requer muita experiência, equipamentos caros, 12 horas trabalhando em pé, horas após tratando as fotos, etc. Cuidado com estes que prometem mundos e fundos como álbum da sogra, poster, calendário, etc, etc por um preço mais baixo. O foco dele é quantidade ou qualidade?

* Existem no mercado empresas especializadas em fotografia de casamento. Eu não gosto. Vou explicar porquê. Estas empresas contratam um monte de fotógrafos, em geral recém formados de cursos por aí. Quando você vê um álbum da empresa, está vendo, na verdade, uma edição das melhores fotos, dos melhores fotógrafos. Mas será que esse cara bom estará no seu casamento? É importante você conhecer o profissional que irá ao seu casamento, ter afinidade com ele, gostar do estilo de fotos que ele faz. Portanto, não contrate empresa, contrate o fotógrafo.

* Defina seu estilo favorito de foto, e vá atrás de fotógrafos que façam isso. Eu não estou falando apenas de fotos clássicas X fotojornalismo, mas também se você gosta mais de fotos com efeitos ou não, se gosta de um estilo vintage ou mais realista, ou artística, se gosta de preto e branco ou não, etc.

* Afinidade é tudo! Seu fotógrafo será a pessoa que estará te acompanhando o dia inteiro, desde a hora de se arrumar até o fim da festa. Verá você de bobs no cabelo, aguentará sua ansiedade, nervosismo, tudo. Escolha uma pessoa que você se sinta a vontade.

* Quando visitar um fotógrafo, peça para ver vários álbuns completos, e não apenas 1 álbum com as melhores fotos dele. Não se engane.

* Tem que estar no contrato se o fotógrafo fica até o fim da festa, ou quantas horas ele trabalha e quanto custa a hora extra. Isso é importante para que não aconteça dele ir embora às 2hs da madrugada, enquanto sua festa durará até às 6hs, e vários momentos lindos acontecerão após ele ter ido embora.

* Tem que estar no contrato também se ele entrega 100% das fotos pra você, ou apenas a quantidade determinada para o álbum, 120, por exemplo. É normal fotógrafos tirarem mais de 800 fotos numa festa. Você só poderá escolher umas 100 ou 120 para o álbum , para não ficar tão grande e cansativo. Mas e as outras 700 fotos? Você também vai querer guardá-las de lembrança, e se for comprar separado após, serão bem caras. Já verifique se receberá todas ou não. E isso influi no preço do fotógrafo, lógico.

* Não esquecer que no contrato deve constar: nome do profissional contratado, nome de quem irá substituí-lo em caso de força maior, número de assistentes, lista de locações (cabelereiro, igreja, salão), data e horário do trabalho, traje, equipamentos a ser usado, valores, se incluí o álbum ou não, tratamento das fotos, quantidade de fotos a ser entregues, prazo de entrega das fotos.

Foto: Klacius Ank/ Fernando Souza, enviada pela Paula.

converse com a gente
 0      5       0})
DEIXE SEU comentário
60 Comentários
  1. Amanda, disse:

    Fernanda você é um amor!!! Obrigada por ajudar a gente… o check list, a lista de convidados… é tudo super util!!!!
    Mil obrigadas!!!!!

  2. Letícia, disse:

    Ai gente, realmente a escolha do fotógrafo deve ser muito bem pensada…

    Infelizmente eu ainda não decidi o profissionais, e eles cobram tão caro… =/

  3. Daniele, disse:

    Oi, eu estava conversando com meu namorado ontem e tal ai nos tocamos no assunto de casamento, falamos muito sobre isso. Quero estar preparada para esse momento vi uma reportagem no Amalry Jr. e decidi ver e gostei muito dicas simples e muito esclarecedoras. Obrigada.

  4. Clara, disse:

    Já definimos o fotógrafo, só que estamos há 22 meses do nosso casamento. Qual a melhor maneira de fazer esse contrato. Na primeira visita o profissional nos falou em pagamento à vista ou em 6 parcela? É arriscado?

  5. Ricardo Milani, disse:

    Belo post. Mas na verdade, uma empresa também pode dar segurança mesmo eu sendo o Ricardo Milani, sou dono da empresa FOTOM, isso também agrega valor e segurança para noiva. Recomendo sempre que a noiva escolha o seu fotógrafo com a preocupação de estar a vontade com ele. Nesse momento o post de dicas foi muito bacana.

  6. Alinor Miranda, disse:

    Correto, sou fotógrafo de estudio e casamentos a mais de 10 anos, e vocês tocaram num assunto bacana, e é isso, o valor do álbum, é definido pela qualidade das lentes e cameras utilizadas, e o mais importante, o estudo que o fotógrafo teve para apurar seu olhar, que isso é de extrema importancia. Cursos de fotografia de casamento BOM mesmo, custam em torno de R$12.000,00…. então, fotógrafos TOp’s, é normal terem valor de álbum mais elevados. Apurem bem, e façam a sua escolha, sucesso a todos. Alinor Miranda

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Quando for escolher o local da sua festa, pense em:

O lugar comporta com conforto o número de convidados que você está pensando?

Entender todos os custos que o lugar escolhido implicará: se terá que alugar movéis, segurança, hora extra, se há onde estacionar os carros, se há gerador etc. Não adianta escolher um lugar enorme e depois não ter dinheiro para alugar a mobília, certo?

Saber o horário de acesso ao local da festa: que horas seus fornecedores poderão  começar a montagem da festa? Até que horas pode ser feito a desmontagem? Se você pretende fazer uma decoração fantástica, cheia de bolas penduras no teto e uma cortina para sua entrada, mas o local só libera a montagem depois das 17hs, e sua festa começa às 19hs, não dá, certo? E se você pretende que a festa vá até 7 da manhã, mas o local da festa determina que esteja tudo limpo até às 5hs, você terá que acabar a festa mais cedo. Pergunte tudo!

Vai se casar no verão? Confira o ar condicionado da casa, se realmente dá conta do tamanho do local. Nada pior do que as pessoas ficando com “moleza” porque o ambiente está muito quente! O mesmo pensamento vale para quem está planejando fazer a festa ao ar livre num mês mais frio. O lugar tem aqueles aquecedores? Ou você quer as pessoas indo embora antes por estarem morrendo de frio?

Conferir os banheiros. Não adianta fazer uma decoração espetacular, e o banheiro do lugar ser horroroso, velho e quebrado.

Perguntar se há restrições, como por exemplo lista de fornecedores e serviços permitidos. Se você sonha em contratar a decoradora “X”, e o local só permite usar as decoradoras credenciadas, é algo para você pensar. Aqui em São Paulo é comum lugares só permitirem fornecedores parceiros do local, especialmente som, decoração, segurança e vallet parking.

Verificar se há restrição à música alta após certo horário.

Há acesso para deficientes físicos e elevador para os idosos? Pense neles.

O local da festa ser perto e de fácil locomoção da Igreja escolhida é uma comodidade para os convidados.

Muito importante, especialmente aqui em SP, se o lugar possuí alvará de funcionamento. Vira e mexe algum restaurante ou buffet fecha por falta de alvará…

Se tudo isto acima estiver certo, e ainda o lugar tiver um significado especial para os noivos, perfeito! (mas se não tiver, ficará tendo, então pense com carinho!).

 

converse com a gente
 0      2       0})
DEIXE SEU comentário
41 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>