destination wedding photographer based in rio de janeiro brazil available worldwide, fotografia de casamento no rj, fotografado pelo fotografo de casamentos Gustavo Marialva que faz fotos em qualquer lugar do Brasil, Angelica e Humberto, Hotel Santa Teresa, RIo de Janeiro, Brasil

Eu amo mini-wedding, principalmente descolado e cheio de sorrisos assim! A ideia do terrário para as alianças foi demais!

“A verdade é que eu nunca tive o sonho de casar de noiva e fazer uma grande festa. Inclusive, eu e o Humberto já morávamos juntos há mais de dois anos quando decidimos celebrar o nosso amor. Diferente de outros casais, que quando se casam têm planos sobre como a vida a dois será, no nosso caso a cerimônia foi uma confirmação de tudo o que ela já era, e queríamos dividir toda essa felicidade com as pessoas mais próximas do nosso coração :)

Decidimos fazer um mini-wedding num local leve e descontraído, que combinasse com a gente, e onde não faltasse sinceridade, muito muito muito amor, amigos queridos e diversão. Por isso mesmo nossa prioridade era ter uma cerimônia totalmente personalizada, que representasse o que sentimos, e uma festa pra comemorar de verdade, sem regras, sem representações. Acho que o mergulho na piscina do hotel, já no final da festa, confirmou que conseguimos tudo isso!! rs

Uma curiosidade legal sobre o casamento é a escolha do brilhante como elemento principal da identidade visual e da decor (por isso escolhemos o terrário de brilhante como porta aliança). Ele representa a transformação de uma pedra corriqueira de carvão em uma pedra preciosa e rara, que para ocorrer precisa de tempo, pressão e calor. Assim como acontece com os relacionamentos, não é verdade? :) E que assim seja com o nosso!”, contou a noiva.

relação de profissionais desse casamento

Fotos: Gustavo Marialva (RJ)

Filme: Flavio Jobim (RJ)

Local e buffet: Hotel Santa Teresa (RJ)

Celebração: Ilana Reznik, da Casamento Colorido (RJ)

Cerimonial e Decoração: Oh Happy Day (RJ)

Flores, lapelas e buquê: Shirley Yáñez, da We do Botanica (RJ)

Bolo:  Os bolos da Betah (RJ)

Doces: Louzieh (RJ), Frances Chocolates (RJ), Chuva de Granulado (RJ)

Doces portugueses: Barriga de Freira e Casa das Natas 

Bem casados e Brownies: Elvira Bona e Salve Brownie

Espumantes: MLopes Vinhos 

Banda da cerimônia: Banda do Casamento

 

Terrários porta-aliança e decor: Wabisabi Atelie

Mobiliário: Festah (RJ)

Peças decor: Do garimpo (RJ), Decoranda (RJ), Emporio Felicitá (RJ), Studio Zig (RJ), Panos e Cores (RJ)

Convites, papelaria e design gráfico: Cuca Design 

Vestido da noiva: Fafi Vasconcellos (RJ)

Beleza da noiva: Amanda Schon (RJ)

Grinalda/headpiece: Diana Benchimol (RJ)

Sapato da noiva: Luana Zabot (RJ)

Terno do noivo: Luiz Claudio, da Marcos Roberto Alfaiataria

Sapato do noivo: Louie 

Alianças: H Stern

 

 

converse com a gente
 0             0})
DEIXE SEU comentário
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Maria Manuela Espaço Zabeu

Já que é carnaval, temos uma festa especial para compartilhar, com decoração das queridas Maria Manuela Eventos. A aniversariante queria um baile de máscaras inspirado na fase decadente de Maria Antonieta.

A Maria Manuela Eventos conta mais: “Ela queria que os convidados desvendassem a festa aos poucos. Ao chegar, as pessoas entravam na sala de máscaras onde podia experimentar e escolher a sua… Saindo dali passavam pelo quarto de Maria Antonieta, onde foi o quarto de doces, eles eram distribuídos nas cômodas, ao pé da cama, substituindo a tradicional mesa de doces. E aos poucos iam desvendando cada ambiente e detalhes”.

relação de profissionais desse casamento

Fotos: André Machado (SP)

Decoração: Maria Manuela Eventos (SP)

Flores: André Pedrotti (SP)

 

Local: Casa Zabeu (SP)

Assessoria: Silvia Izu (SP)

Mobiliário: D. Festas e S.O.S Móveis (SP)

converse com a gente
 0             0})
DEIXE SEU comentário
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Capa-pistalotada

99% das noivas que eu converso querem pista lotada no casamento por muitas horas – afinal depois de meses planejando o casamento, a gente quer que a festa dure o máximo possível! Conversei com o Eduardo “Peixe” Faiguenboim, da Banda SOS (Sensacional Orchestra Sonora), uma das bandas mais bacanas e inovadoras de São Paulo, para saber como manter a pista lotada até o final do evento:

“Uma vez definida a música que será tocada na festa, o mais importante para se ter uma pista lotada até o fim é ter os donos da festa dançando.

Costumo dizer que a razão de ser de uma festa é “quem está dando a festa”, e por isso, os convidados estarão onde os anfitriões estiverem. Se os anfitriões estiverem na pista, os convidados estarão com eles. Se os anfitriões preferirem ficar na mesa de doces por exemplo, os convidados estarão com eles também.

Mais uma vez, o vínculo entre os convidados faz toda a diferença. Inclusive, músicas que foram a trilha sonora de momentos que os anfitriões dividiram com parte dos convidados costumam se tornar o ponto alto da festa.

A meu ver, os anfitriões e os seus convidados influenciam mais na qualidade da festa do que as atrações contratadas. Costumo dizer que é mais fácil se fazer uma boa festa com um bom público e uma atração ruim do que o contrário. Mesmo assim, é importantíssimo contratar a atração certa para garantir o sucesso.

Não existem mais regras: a espontaneidade é o ingrediente mais importante para deixar a festa mais “pessoal”, verdadeira e gostosa. Aliás, pensando nisso, listas prontas com músicas clichês, triviais, tocadas em ordem cronológica, por mais que sejam do gosto da massa, deixarão a sua festa sem personalidade nenhuma.

Dito tudo isso, a resposta fica simples: para se manter a pista lotada do começo ao fim, basta que se toque o que o público daquele evento quer ouvir”.

base_Peixe

converse com a gente
 0             0})
DEIXE SEU comentário
2 Comentários
  1. Roberta, disse:

    “Mais uma vez, o vínculo entre os convidados faz toda a diferença. Inclusive, músicas que foram a trilha sonora de momentos que os anfitriões dividiram com parte dos convidados costumam se tornar o ponto alto da festa.”

    Esse é o melhor conselho do artigo. As músicas que mais bombaram na pista de dança do meu casamento foram aquelas que remetiam a bons momentos que passamos com diferentes grupos de amigos. O DJ da festa até queria cortar algumas delas, dizendo que elas não combinavam com o set list, mas a gente bateu o pé, pediu para ele adaptar o set list para aquelas músicas e deu tudo certo!

  2. Mega Salto, disse:

    Exatamente assim! Adoramos a matéria e gostaríamos de repostar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>