Capa-musica

Contratar qualquer item do casamento não pode ser por empolgação, é necessário pesquisar e ter certeza do produto/ serviço prestado para não ter decepções no grande dia. Conversei com o Eduardo “Peixe” Faiguenboim, da Banda SOS (Sensacional Orchestra Sonora), uma das bandas mais bacanas e inovadoras de São Paulo, para saber quais cuidados devem ser tomados para contratação dos itens relacionados à pista de dança:

Os principais cuidados a serem tomados na contratação de uma atração musical são:

Equipamentos: é importante que se tenha a certeza de que todos os equipamentos necessários para a apresentação da atração, sejam eles o som, a luz, o palco (o chamado rider técnico) e as demais necessidades dos artistas estejam contempladas. Deixar isso para a última hora pode inviabilizar a contratação.

Conhecer o trabalho do artista: Saiba bem quais são as características do trabalho do artista que você deseja contratar. Saiba por quanto tempo ele toca, como funciona a seleção do repertório, se existe espaço para a personalização. Pesquise sobre a atração na internet; veja vídeos, e, acima de tudo, procure encontrar referências com pessoas (se possível, seus amigos) que já contrataram essa atração.

Duração da atração: assim como num filme, a duração da apresentação da atração pode representar o sucesso ou não dela. Seja uma banda de baile, um artista, uma escola de samba, a apresentação deve ser dimensionada para não cansar em demasia os convidados e fazer com que eles queiram ir embora.

base_Peixe

converse com a gente
 0             0})
DEIXE SEU comentário
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Cantor_Paulo_Jose

Na cerimônia, o importante é emocionar com a música, contar uma história…”, revela o cantor Paulo José, logo no início da nossa entrevista. Dono de um talento requisitado e super experiente no assunto (ele estima ter feito aproximadamente 3 mil casamentos!), Paulo reforçou algo que já sabíamos: a escolha do repertório musical é essencial para a festa, tanto no caso de eventos grandes quanto no de intimistas.

Está com dúvidas sobre como escolher o setlist da sua festa? Quer saber um pouco mais sobre o trabalho do cantor que agradou brasileiros e americanos? Confira, na entrevista a seguir, detalhes sobre sua carreira, além de várias dicas para deixar a pista sempre animada e para embalar os convidados na emoção do grande dia.
Como funciona a conversa com os noivos? Você busca entender o estilo do casal e o estilo da cerimônia?
Claro! É importante conhecer um pouco da história dos dois, o que eles escutam no carro, a música do namoro, o sonho de entrar na igreja com a música tal. Assim, podemos entender se eles querem um repertório mais clássico, sacro, pop, etc.

Você canta todos os estilos?
Na cerimônia, o importante é emocionar, é contar uma história. Podemos fazer um estilo clássico italiano, daí um “Nessun Dorma”, “Un Amore Così Grande”, “Parla piu Piano”, “Canto Della Terra”. Ou um romântico americano: “Be my Love”, “Perhaps Love”, “Can´t help falling in love”, “Moon River”. Um toque sacro sempre emociona: “Salmo 127”, “Panis Angelicus”, “Agnus Dei”, todas as belíssimas versões da Ave Maria, dentre várias outras nesses estilos que são eternos.

Também fazemos um repertório com músicas brasileiras, que em grande parte das vezes é o preferido dos noivos. Tom e Vinícius reinam, mas tem muita gente nova bacana que agrada, como Vanessa da Matta, Nando reis e outros com letras e canções que, se bem colocadas, emocionam.

O que não pode faltar no setlist de um casamento e qual é o segredo para manter a pista sempre animada?
Não tem fórmula, mas existem alguns segredinhos que posso contar. Acho importante um início com bastante glamour: músicas do Sinatra, Tony bennett, Burt Bacharacch são sempre uma ótima pedida. Para tocar as músicas dessas lendas, cantor e orquestra precisam ter qualidade musical. Depois, um set mais atual, com Coldplay, Maroon 5, Bruno Mars, U2, Rihanna, Michael Bublé, completa essa primeira parte, agradando todas as idades e públicos.

Nessa hora, os casais já dançaram bastante, é lindo assistir. Normalmente, após ou durante essa primeira parte os noivos dançam a sua “música”. Esse momento é muito envolvente e bacana. Estão todos em volta da pista e, assim, fica mais fácil para a banda fazer a festa “pegar fogo”. Aí vale de tudo, sinto que a nossa música brasileira reina absoluta.

Você canta em diferentes línguas? Já fez casamentos fora do Brasil?
Canto em inglês, italiano, espanhol, latim, francês, alemão e português. Já fiz casamentos lindos em Houston (Texas), em São Francisco (Califórnia) e esse ano tenho um em Orlando (Florida).

Como funciona a seleção de músicas? Você sugere repertórios completos, caso o casal não tenha ideias?
Caso o casal chegue na reunião dizendo que não tem a menor ideia do que quer, nós temos muitas e muitas sugestões de repertórios tanto para a cerimônia quanto para a festa. Durante as conversas, os noivos costumam se soltar, se emocionar com o que já escutam, acabam lembrando de coisas que gostam e querem… é sempre assim,

Alguns noivos fazem pedidos bem diferentes? Se sim, pode contar alguns?
Tem sempre pedidos diferentes e bacanas, como, por exemplo, tocar uma “Zorba” num casamento onde o noivo era Grego. Foi muito legal. Já cantei montado em um cavalo numa cerimônia sertaneja, onde todos estavam da mesma forma, dentre outros…

Quais são os principais erros cometidos pelos noivos na hora de contratar cantor e músicos?
Um dos principais erros é não escutar ao vivo os seus contratados, simplesmente ir pela indicação de algum amigo ou amiga que pode entender nada de música. O fator determinante para a contratação de um cantor, músico ou banda é simples: a qualidade musical. Um palco se faz, uma luz maravilhosa se cria, mas a música é um dom.

Você tem uma banda fixa, certo? Qual é a formação original e ela pode variar dependendo da ocasião?
Tenho uma banda que viaja comigo para todo lugar!! Ela vai desde 4 músicos até a Big band com 22 músicos. Em todas as formações o padrão musical do show e repertório são mantidos!

Paulo José é do Ceará, Fortaleza, mas atende o Brasil todo o exterior. No nosso Guia de Fornecedores e no site dele você pode conhecer um pouco mais e se encantar com a voz.
Guia de Fornecedores: vestidadenoiva.com/fornecedores/paulo-jose
Site: paulojosecantor.com.br
E-mail: escritoriopaulojose@yahoo.com.br
Telefone: (85) 3241-0487 | (85) 99404-5019 | (11) 3181-2160

converse com a gente
 0             0})
DEIXE SEU comentário
2 Comentários
  1. Izis Dorileo, disse:

    Ouvir Paulo José é um verdadeiro bálsamo aos ouvidos! Tive esse privilégio ao conhecê-lo em Fortaleza em duas ocasiões belíssimas. Adoraria poder trazê-lo em Cuiabá para encantar nossos casamentos. Ele é um show de talento!

  2. Claudia Matarazzo, disse:

    O Paulo José é o máximo! Pena que eu casei ele ainda engatinhava!!! Ainda Quero fazer um dueto com ele!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Capa-pistalotada

99% das noivas que eu converso querem pista lotada no casamento por muitas horas – afinal depois de meses planejando o casamento, a gente quer que a festa dure o máximo possível! Conversei com o Eduardo “Peixe” Faiguenboim, da Banda SOS (Sensacional Orchestra Sonora), uma das bandas mais bacanas e inovadoras de São Paulo, para saber como manter a pista lotada até o final do evento:

“Uma vez definida a música que será tocada na festa, o mais importante para se ter uma pista lotada até o fim é ter os donos da festa dançando.

Costumo dizer que a razão de ser de uma festa é “quem está dando a festa”, e por isso, os convidados estarão onde os anfitriões estiverem. Se os anfitriões estiverem na pista, os convidados estarão com eles. Se os anfitriões preferirem ficar na mesa de doces por exemplo, os convidados estarão com eles também.

Mais uma vez, o vínculo entre os convidados faz toda a diferença. Inclusive, músicas que foram a trilha sonora de momentos que os anfitriões dividiram com parte dos convidados costumam se tornar o ponto alto da festa.

A meu ver, os anfitriões e os seus convidados influenciam mais na qualidade da festa do que as atrações contratadas. Costumo dizer que é mais fácil se fazer uma boa festa com um bom público e uma atração ruim do que o contrário. Mesmo assim, é importantíssimo contratar a atração certa para garantir o sucesso.

Não existem mais regras: a espontaneidade é o ingrediente mais importante para deixar a festa mais “pessoal”, verdadeira e gostosa. Aliás, pensando nisso, listas prontas com músicas clichês, triviais, tocadas em ordem cronológica, por mais que sejam do gosto da massa, deixarão a sua festa sem personalidade nenhuma.

Dito tudo isso, a resposta fica simples: para se manter a pista lotada do começo ao fim, basta que se toque o que o público daquele evento quer ouvir”.

base_Peixe

converse com a gente
 0             0})
DEIXE SEU comentário
2 Comentários
  1. Roberta, disse:

    “Mais uma vez, o vínculo entre os convidados faz toda a diferença. Inclusive, músicas que foram a trilha sonora de momentos que os anfitriões dividiram com parte dos convidados costumam se tornar o ponto alto da festa.”

    Esse é o melhor conselho do artigo. As músicas que mais bombaram na pista de dança do meu casamento foram aquelas que remetiam a bons momentos que passamos com diferentes grupos de amigos. O DJ da festa até queria cortar algumas delas, dizendo que elas não combinavam com o set list, mas a gente bateu o pé, pediu para ele adaptar o set list para aquelas músicas e deu tudo certo!

  2. Mega Salto, disse:

    Exatamente assim! Adoramos a matéria e gostaríamos de repostar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Capa-SOS

Se tem um fator crucial numa boa festa é a escolha da música. Eu sempre digo, “música certa, na hora certa”. Como acertar na seleção musical perfeita para a festa de casamento? Conversei com quem entende do assunto, Eduardo “Peixe” Faiguenboim, da Banda SOS (Sensacional Orchestra Sonora), uma das bandas mais bacanas e inovadoras de São Paulo. Inclusive, no site da Banda SOS tem uma lista de repertório incrível, clique aqui para conhecer.

Como escolher ou indicar um mix perfeito de músicas?
Conseguir um mix perfeito é algo bastante delicado, já que envolve muitas questões. Algumas dessas questões, inclusive, são alheias à própria música.

A questão mais importante a ser ponderada na hora da montagem de um set é o público para quem esse set se destina. Se o público é homogêneo, se ele é heterogêneo, se ele é mais jovem ou mais velho (e nesse caso não vale muito considerar a idade média), são questões que interferem diretamente na escolha das músicas.

Ainda com relação ao público, o vínculo que existe entre os anfitriões e os seus convidados é algo muito importante também. Não só porque conhecemos melhor as pessoas com quem temos vínculo mas sim porque, via de regra, quanto maior o vínculo entre as pessoas numa festa, maior é a troca de emoções entre elas e, portanto, a pessoalidade da festa.

Outro fator que deve ser relevado é o lugar onde acontece a festa. Geralmente festas em lugares pitorescos como fazendas e principalmente praias, permitem que músicas que nem sempre funcionariam em um evento num “espaço padrão” funcionem e ajudem a criar a “vibe” da festa, de uma maneira geral. Reggae, MPB, música latina são estilos, por exemplo, que nem sempre funcionam em “eventos padrão” mas que tem um apelo muito grande em lugares mais próximos da natureza.

Uma vez ponderadas essas questões, a missão de encontrar o mix perfeito fica bem mais fácil. Para mim, o mix perfeito é aquele que consegue transparecer a identidade dos anfitriões mas que, ao mesmo tempo, pensa em todos os convidados. Em outras palavras, o mix ideal deve ser o mais eclético possível, sem que os donos da festa se obriguem a tocar estilos que eles não gostem.

Quanto mais a música conseguir traduzir a vibe de seus anfitriões, maior é a chance de essa festa dar certo. É por isso mesmo, que de uma maneira geral, eu não acredito que exista uma lista infalível que funcione para qualquer festa, em qualquer situação.

base_Peixe

 

converse com a gente
 0             0})
DEIXE SEU comentário
1 Comentários
  1. Mega Salto, disse:

    Matéria perfeita e de muita ajuda para quem ainda está perdida em meio a tantas decisões a serem tomadas. Parabéns pela matéria. Amamos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>