PousadaCamurimGrande

Quem me acompanha no Instagram (@fernandafloret) viu que no feriado de Junho/ 2014 fui passar 4 dias com meu marido em Maragogi, Alagoas, na Pousada Camurim Grande. Já faz um mês e até hoje eu não tinha conseguido ainda um tempinho para baixar as fotos da câmera e publicar aqui, mas hoje resolvi fazer! A verdade é que é sempre bom falar dos paraísos que temos por aqui no Brasil, e apesar do título do post ser “Lua de Mel”, é uma ótima dica de viagem para namorados ou para os casados darem uma fugida do dia a dia e ir passar alguns dias por lá.

Maragogi é linda! Simples, mar azul, temperatura média o ano todo em 27 graus. Fica localizada em Alagoas, a cerca de 125km tanto de Maceió como de Recife. Como partindo de São Paulo há mais opções de voos para Recife, fomos para lá. Contratamos o motorista indicado pelo hotel (Sr. Tibúrcio, ótimo!) e em cerca de 1h30m de carro chegamos na Pousada. A Pousada Camurim Grande é a melhor da região. Pequena, bem cuidada, com funcionários solícitos e sorridentes. O bangalô era ótimo, grande, uma delícia.

Fomos para lá para descansar, desligar do mundo mesmo. Por isso desta vez não me preocupei em tirar muitas fotos, eu e meu marido sequer aparemos na maioria das fotos. Estávamos de férias até de tirar fotos, rs! Ficávamos o dia inteiro entre praia e piscina, piscina e praia. Mas lá tem atividades para fazer também! Andamos de bicicleta pela praia, de caiaque pelo Rio, caminhadas na maré baixa, até slackline (andar na corda) eu fiz!. Visitamos também os arrecifes de coral, que na maré baixa formam piscinas naturais. Não sei se não dei sorte, mas não vi tanta vida marinha como esperado… Talvez para quem já tenha ido para Fernando de Noronha, é difícil superar a vida marinha de lá.

Maragogi fica também perto de São Miguel dos Milagres, outro paraíso de Maceió. Mas como eu disse, fomos lá para descansar, ficar na pousada mesmo, então não fomos conhecer, fica para a próxima. Mas para quem for ficar mais dias por lá, fica a dica!

As refeições foram todas na Pousada também, que tem incluso café da manhã e jantar. A gastronomia fica sob responsabilidade da Mara, conhecida na região como melhor cozinheira (ela e o marido têm outro restaurante em Maragogi também).

Fica a sugestão para um fim de semana ou feriado! O Brasil é lindo demais!

converse com a gente
 25      1       0})
DEIXE SEU comentário
5 Comentários
  1. Elisama Azevedo, disse:

    Amei! Eu pensei em passar minha lua de mel em Maragogi mas não encontrei nenhuma hospedagem bacana por isso adorei a dica!

  2. Pamela Neves, disse:

    amo Maragogi, acho lindo lá

  3. Junior, disse:

    Olá, primeira vez no site e fiquei encantado com a variedade de informação, detalhes e tudo mais. Parabéns! Estou em duvida sobre o destino de minha Lua de Mel, para Junho de 2015. Achei bacana essa opção, mas me deparei no fim de seu artigo você dizendo “…Fica a sugestão para um fim de semana ou feriado!”, Esse não seria um lugar legal para ficar 6 ou 7 dias?

    Obrigado!

    • Fernanda Floret, disse:

      Oi Junior, Se você pretende ficar 7 dias sem fazer absolutamente nada, pode ser um bom local. Para mim, que sou mais ativa, depois de 4 dias lá já começaria a surtar. Mas há opção de você visitar praias diferentes cada dia, como São Miguel dos Milagres e Carneiros. Assim você conhece mais lugares e tem dias diferentes, mesmo ficando no mesmo hotel.

  4. jrnin, disse:

    Muito Obrigado pela dica Fernanda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

CasaValduga

Não sei se eu começo o post dizendo que serve de inspiração para um casamento, uma sugestão de bebida, destino de uma viagem romântica, quem sabe para comemorar algum aniversário de casamento. Ou se digo que amo conhecer histórias de empresas brasileiras de sucesso como da Casa Valduga, com gente simples e feliz por trás. Isso não é nenhum publi-post, mas semana passada fui convidada pelo banqueteiro Marcelo Sampaio (embaixador da Casa Valduga) e pela própria para passar um fim de semana conhecendo a vinícola e amei tanto que não tem como não compartilhar com vocês aqui. Junto conosco também estavam a assessora de casamentos Marina Bedaque e o diretor da Cocketelaria, Caio Collavini.

Vocês sabiam que a média de consumo de espumante por ano na França é de 30 litros, enquanto no Brasil apenas 75ml, ou seja menos de um copo? Moral da história: precisamos brindar mais, beber mais espumantes! A região de Bento Gonçalves, RS vem a cada ano sendo mais reconhecida como produtora de excelentes espumantes premiados internacionalmente, como o Casa Valduga 130 Anos, considerado pela crítica o melhor espumante do Brasil e ótima opção para casamentos (essa dica é para todas aquelas que me enviam e-mails semanalmente pedindo boas opções de espumantes para a festa!)

Bom, a nossa viagem foi fantástica, cercados pelo carinho ímpar que o pessoal do Sul do Brasil sabe receber, além de muita comida e bebida o tempo todo. Começamos visitando a Domno, empresa mais jovem do grupo Valduga, onde degustamos o excelente espumante Nero. Depois seguimos para a Villa Valduga, onde ficamos hospedados e começou a comilança (melhor massa com molho ao pesto e melhor sagu da vida!). :-)

Casa-Valduga_01 Casa-Valduga_02 Casa-Valduga_03 Casa-Valduga_04 Casa-Valduga_05 Casa-Valduga_06 Casa-Valduga_07

 

Fomos para lá na época certa, de janeiro a março acontece a Vindima, a época da colheita das uvas. Teve toda uma programação especial com café da manhã sob os parreirais, colheita das uvas, pisa das uvas, danças típicas. Conhecemos o processo de produção do vinho, bebi direto da fonte, comprei geléias na Casa Madeira… Experiência super bacana! Casa-Valduga_09 Casa-Valduga_10 Casa-Valduga_11 Casa-Valduga_12 Casa-Valduga_13 Casa-Valduga_14 Casa-Valduga_15 Casa-Valduga_16 Casa-Valduga_17 Casa-Valduga_18 Casa-Valduga_19 Casa-Valduga_20 Casa-Valduga_21 Casa-Valduga_22 Casa-Valduga_23 Casa-Valduga_24 Casa-Valduga_25 Casa-Valduga_26 Casa-Valduga_27 Casa-Valduga_28 Casa-Valduga_29 Casa-Valduga_30vindima_pisa-uvas Casa-Valduga_32 Casa-Valduga_33 Casa-Valduga_34

No último dia aproveitamos para passar na loja dos produtos da Casa Valduga para as últimas comprinhas (onde tive a honra de conhecer o Sr. João Valduga) e almoço delícia na Casa Madeira (junto com a super querida Luisa Valduga). Um último comentário: lá eles organizam casamentos (imagina uma mesa comunitária sob as parreiras, um sonho!) e também achei ótima opção para comemorar aniversário de casamento!

Casa-Valduga_35 Casa-Valduga_36 Casa-Valduga_37 Casa-Valduga_38 Casa-Valduga_39 Casa-Valduga_40 Casa-Valduga_41

Fotos: Fernanda Floret

Para informações sobre os vinhos e espumantes: enoboutique@casavalduga.com.br

 

converse com a gente
 0      0       0})
DEIXE SEU comentário
10 Comentários
  1. Emili Mezzomo, disse:

    Fer queridaa, que prazer e felicidade em saber que conheceste um pouco na nossa terrinha aqui no Sul. Moro em Carlos Barbosa, do ladinho de Bento Gonçalves, e com certeza afirmo que nossas vinícolas são excelentes. É muito bom saber que vocês gostaram do passeio. Espero que voltem outras vezes =)

  2. Renata Floret, disse:

    Que delicia!!! Me deu fome e sede de vinho! Rs!

  3. Elis, disse:

    Toda a região do vale dos vinhedos é realmente maravilhosa…

  4. Mimi_Steiner, disse:

    Olá Fer!
    Moro em Caxias do Sul, cidade próxima de Bento Gonçalves. Que bom que vc pode conhecer um pouco dessas belezas, vivemos numa região privilegiada!! Amei as fotos! Parabéns!

    • Fernanda Floret, disse:

      Oi Mimi_Steiner, adoro Caxias do Sul, estarei aí semana que vem, vou na festa da uva! Beijos!

  5. Manuella, disse:

    Fer, será que você pode dar dicas sobre qual pousada você ficou?! Entrei no site da Villa Valduga e descobri que existem várias!!

    Beijossss

    • Fernanda Floret, disse:

      Manuella, eu fique na “identidade”. Não sei te dizer se é a melhor opção da Villa Valduga, você pode perguntar para eles na reserva. O meu quarto tinha vista uma vista linda para os parreirais! Beijos

  6. ignez, disse:

    Meu casamento será na Valduga 18/10/2014. realmente lá e um sonho, e são tão queridos.

    • Fernanda Floret, disse:

      Ignez, depois me manda as fotos! :-)

  7. CHRISTIAN DAHL, disse:

    Realmente,maravilhoso,lugar super bem cuidado.Vinhos saborosos,mesa clássica,tudo no ponto,parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

E agora, como começar um post sobre Fernando de Noronha sem ser óbvia? Sim, o lugar é um paraíso! Para as férias deste ano eu e meu marido resolvemos conhecer um lugar no Brasil que nunca havíamos estado antes. Sendo bem sincera, eu não sou uma pessoa muito de praia, mergulho etc, mas amei a experiência! Experiência aliás é uma palavra que define bem a viagem. A sensação que eu tinha era de estar descobrindo o Brasil. Um lugar natural, virgem, onde a natureza é equilibrada como eu nunca havia visto antes. Acho que eu nunca havia estado numa praia onde na frente só há mato (e não resorts, barracas de praia, prédios), onde você dá dois passos no mar e já vê cardumes de peixes.

Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__02

Um dia antes de embarcar, perguntei no Instagram (@fernandafloret) quem tinha dicas! A melhor dica, com certeza, é não ter dica, apenas relaxar e descobrir o local. Quem organizou tudo para mim foi a agência Cinqtour. Abaixo conto um pouquinho de como foi a viagem.

Chegamos numa segunda feira, fim de tarde (de sol, claro). Fomos para a Pousada Maravilha, onde a equipe nos recebeu (com champanhe) super bem e já passou dicas do local, dicas de passeios etc. Eles mesmos cuidam de tudo, como aluguel do buggy (para se locomover pela ilha) e reserva nos restaurantes para os jantares. Optamos por jantar lá no hotel mesmo (sendo bem sincera, não achamos grande coisa. Se quiser conhecer o hotel, vá no almoço, porque a vista é o ponto forte. A noite não dá para ver nada da vista e a comida não vale o preço) e descansar.

Terça-feira, primeiro dia efetivo de passeio. Optamos por contratar o serviço de guia do hotel para fazer um tour pela ilha. A vantagem é descobrir todas as praias com uma pessoa local, que conhece todas as histórias de cada canto. Para quem vai ficar poucos dias, pode ser uma boa opção de conhecer todos os caminhos e praias de uma vez. Não era bem nosso caso, tínhamos uma semana inteira pela frente, mas depois desse tour já me senti em casa, conhecendo todas as praias e podendo voltar com calma nas favoritas. Depois do tour, almoçamos um peixe na folha de bananeira nas barracas que tem na praia Cacimba do Padre. No fim da tarde todos da ilha se encontram no mirante do Boldró, onde é possível assistir um pôr de sol daqueles de bater palmas. O jantar foi pizza no Namoita.

Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__01 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__03 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__04 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__05 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__06 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__07 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__08 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__09

Algumas pessoas dizem que hotel pode ser qualquer um, afinal é só para tomar banho e dormir. Esta afirmação com certeza não vale para mim. Eu adoro conhecer um bom hotel, faz parte da experiência de viagem! E como não sei se vou voltar tão cedo para Fernando de Noronha, quis me hospedar logo no mais famoso, a Pousada Maravilha. É cara, muito cara (como tudo na ilha). Mas compensa o atendimento atencioso, o café da manhã fresquinho, o bangalô espaçoso, a piscina com borda infinita, a massagem relaxante no fim do dia e a vista para baia do Sueste… Ah, a vista, linda! Abrir a cortina do quarto e ter uma varanda com jacuzzi para aquela vista, é incrível. Ah, para uma pessoa “online” como eu, ter wi-fi gratuito nas áreas comuns também conta pontos, rs!

Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__10 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__11 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__13 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__14 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__15 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__16 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__17 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__18

Quarta-feira, este dia começou com tudo dando errado, se é que se pode dizer isso. Havíamos agendado com nosso guia de conhecer a praia do Atalaia (entrada controlada, precisa de agendamento), e na sequência, a trilha longa com nosso guia. Porém me atrapalhei toda com o fuso horário, o celular estava marcando a hora de São Paulo, simplesmente perdemos a hora sem perceber! Nem com as indiretas do guia nos apressando no café da manhã, rs! Conclusão, não conseguimos entrar na Praia do Atalaia. Perdemos a manhã inteira com isso, mas como estávamos num paraíso, obviamente nada estava perdido. Decidimos seguir para a Praia dos Porcos, a qual você precisa caminhar em um trecho de pedras para ter acesso. Vejam pelo lado bom, como íamos fazer a trilha longa, eu estava de tênis, então foi mais fácil caminhar pelas pedras para chegar na Praia dos Porcos! É realmente linda, com piscinas de águas transparentes, cheias de peixes… Só não foi tão romântico (nem a minha preferida) porque tinha um grupo grande de homens falando alto e fazendo bagunça, o que estragou um pouco o clima. Mergulhamos de snorkel (eu já tinha, levei de casa, super compensou!) e depois seguimos para a praia que é considerada a mais linda do Brasil, Praia do Sancho. Gente do céu, o que é aquilo!! O acesso não é fácil, precisa descer dois lances de escada entre pedras. Mas é tranquilo, eu desci carregando guarda-sol e tudo! Não sei nem o que escrever, é simplesmente linda naturalmente.

O dia terminou com a experiência gastronômica no festival da Pousada Zé Maria. Faça reserva por e-mail uma semana antes de viajar (foi o que eu fiz, e como a ilha estava cheia naquela semana, foi fundamental!). O festival gastronômico acontece às quartas e sábados e vale a pena. Eu e meu marido amamos. Não só pela comida, mas pelo ambiente e carisma do Zé Maria. Clima de festa, mesas comunitárias para interagir com outras pessoas, comida farta e deliciosa.

Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__19 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__20 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__21 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__22 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__23 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__24 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__25 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__26 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__27

Quinta-feira foi um dos melhores dias! Acompanhamos a captura intencional de tartarugas na praia do Porto, projeto do Tamar para monitorar o animal. Aliás, todos do Tamar estão de parabéns pelo trabalho realizado na ilha. Em seguida, já tínhamos agendado o serviço de passeio de barco exclusivo (só eu e o marido, para curtir com calma, bem romântico, rs!). Eu lembro que quando cheguei de volta no hotel, postei uma foto dos golfinhos no Instagram, eu estava completamente emocionada! Durante as 04 horas do passeio é possível ver um monte de golfinhos, apreciar o visual da Ponta da Sapata, parada para mergulho snorkel na Praia do Sancho, almoçar um peixe grelhado com champanhe no barco e o mais legal de tudo, fazer a pracha (você coloca o óculos e snorkel e, segurando uma prancha transparente, o barco te puxa). É incrível, dá para ver todo o fundo do mar, o navio afundado no Porto, peixes, raias, tartarugas… foi demais! Gostamos tanto que mesmo depois que o passeio acabou, ficamos por ali mesmo no Porto mergulhando sobre o navio afundado. Depois de pausa e banho tomado no hotel, voltamos para ver o pôr de sol no Porto, no restaurante Mergulhão, e por ali ficamos para saborear um ótimo peixe com banana. É um dos melhores restaurantes na minha opinião, pela comida, vista e clima alegre.

Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__40 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__28 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__29 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__30 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__31 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__32 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__33 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__34 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__35 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__36 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__37 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__38 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__39

Sexta feira, dia de passear pela ilha, curtir praia e mergulhar no Sueste. Vale dizer que ficamos um tempão na Praia do Leão, uma das mais lindas da ilha e totalmente deserta. No período da tarde, meu marido foi fazer mergulho com cilindro. Vale dizer que Setembro e Outubro são considerados os melhores meses para mergulho na ilha. O jantar foi outra experiência gastronômica deliciosa: por sugestão do nosso guia no hotel, fomos ao restaurante Ecologiku’s. Ele não é muito divulgado, o que o torna muito mais especial. É como jantar no quintal de casa, com a porta da cozinha aberta (literalmente). Dona Iraci quem prepara toda a comida do jeito bem caseiro, enquanto o marido recebe os visitantes. Me contaram que os turistas estrangeiros adoram justamente pela simplicidade, entram na cozinha para aprender com Dona Iraci como preparar os pratos. Estava muito bom!

Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__41 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__42 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__43 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__44

Sábado seria o último dia inteiro na ilha e eu já estava preocupada por não ter conseguido agendar novamente o passeio da Praia do Atalaia (o que perdemos no começo da viagem!). Localizado no Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, a entrada é limitada por dia e de acordo com a maré. Neste dia, somente iria abrir às 15:00h, e como nós não tínhamos a reserva, precisávamos esperar numa lista de espera. Como seria só a tarde, de manhã fomos até a Praia do Meio. Foi na minha opinião a mais bonita, depois da Praia do Sancho! Estava vazia, tranquila, deu para mergulhar bastante e ainda encontrei um coração feito de pedras na areia. Paramos para almoçar no Mergulhão (o que é aquele queijo coalho com mel?!) e seguimos para a lista de espera da Praia do Atalaia. No fim tudo deu certo, conseguiram encaixar a gente no primeiro grupo, fiquei feliz! Os recifes formam piscinas rasas cheias de vida marinha, com diversos peixes e tubarões (pequenos). O jantar foi no Varanda, um camarão ao creme de abóbora delicioso.

Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__45 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__46 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__47 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__48 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__49 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__50

Domingo, último dia! Fui me despedir das tartarugas no Sueste, rs! Nadar com tartarugas é realmente demais, e foi neste último mergulho que vimos a maior de todas da viagem, foi emocionante. Com preguiça de pensar em um novo lugar para almoçar, fomos novamente no Varanda. Depois buscar as malas no hotel e aeroporto.

Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__51 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__52 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__53 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__54 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__55 Lua-de-Mel_Fernando-de-Noronha_Maravilha__56

Fotos: Fernanda Floret | Agência de Viagem: Cinqtours Viagens e Turismo

converse com a gente
 10      0       0})
DEIXE SEU comentário
36 Comentários
  1. Ananda, disse:

    Nossa que viagem maravilhosa! Quero ir também.

  2. Bianca Merino, disse:

    De-mais! Tartaruga, golfinho, peixe, mergulho! Tudo que mais amo, com certeza quando for para lá vou seguir suas dicas!

    Beijos

  3. Isabela, disse:

    Lindas fotos! Paisagem sensacional!!! Amor + viagem = tudo de bom!!!

  4. Maíra, disse:

    Lindo, Lindo, maravilhoso o brasil com toda certeza tem lugares perfeitos para ser apreciado, tudo de bom.

  5. Fernanda Madrid, disse:

    Nossa Emocionante!

  6. Thaiane Andrade, disse:

    Bom dia, Fer!
    Vou me casar em Noronha em 2015.
    Naquela capelinha, no alto da Colina, será uma bênção do Padre, estou super ansiosa.
    Parabéns pelas fotos, lindas!
    Beijos

  7. Jamily, disse:

    Que lindo Fernanda! Já fui em Noronha, mas como foi por meio de cruzeiro não aproveitei tanto como você.. mas enfim, Noronha é um paraíso mesmo!

  8. Elisama Azevedo, disse:

    Simplesmente encantada! Até pensei em passar minha Lua de Mel aí mas acabei optando pelo Nannai… com certeza Fernando de Noronha tem um lugar especial na minha “Wish List”. ^^

  9. Angelo Moraes, disse:

    Boa tarde Fernanda! Passei uma semana em Noronha, há um mês atrás.. também em lua-de-mel… Foi basicamente tudo muito parecido com o que você explicou. Assim fica fácil para quem pretende ir pra lá! Vi que aproveitou bem… Parabéns pelas dicas!!

  10. Marcela, disse:

    Que lindo lugar!!!!
    Vontade de conhecer JÁ

  11. larissa, disse:

    Nossa! Nao sei o q mais gostei…se foram as fotos ou a forma com q vc escreveu. Lindo! Lindo demais! Não conheço mas quero conhecer um dia. E tem uma foto q vc tirou q aparecem os barcos q pensei. “Nossa! Deus exite e mora ai, só pode”.

  12. Camila Cavallini, disse:

    Passei minha lua de mel em Fernando de Noronha , um lugar inexplicável,maravilhoso,um sonho que consegui realizar.Vale muito a pena conhecer.

  13. Olivia, disse:

    adoreiiiiiiiii as dicas!!!
    enriquecedor!

  14. Bia Malfatti, disse:

    Fer, depois de ler esse post incrível com tamanha riqueza de detalhes, vai ser difícil jantar o que tem em casa rs….rs…. louca por camarões!!
    beijos

  15. Thainan, disse:

    Fernanda veio super a calhar esse post! Otimas dicas! Casei sabado agora 19 out e to indo amanha pra passar 10 dias, pelo visto maravilhosos!!

    Bjos

  16. Mayara Labs, disse:

    Que lindo Fernanda!! Adorei a dica!! :)

  17. Marcela, disse:

    Lindo Lindo! Sem palavras!

  18. Karen, disse:

    SEM FOLEGO DIANTE DE TANTA BELEZA!!!!

  19. dalila oliveira, disse:

    Mesmo sendo casada a quase um ano, impossivel nao continuar te seguindo para aprender cada dica de bom gosto que vc nos passa com suas experiencias. Obrigada por compartilhar conosco. Bjs

  20. Thatiane, disse:

    Quanto custou tudo isso? você fez as contas? perfeito o passeio.

    • Fernanda Floret, disse:

      Thatiane, eu não falo de valores no blog. Você pode fazer cotação com a agência de viagem. Mas custou caro, muito caro. Viajar para Fernando de Noronha é caro, tudo lá custa caro. Beijos

  21. elaine, disse:

    Fiz as fotos pre casamento em fernando de noronha em agosto desse ano e realmente vc reproduziu o espirito do local, um lugar de paz e muito romantico.

  22. Maria Antônia, disse:

    Aiiii Fernanda!!! Revivi minha lua de mel!! Noronha êh mesmo linda, um pedaço de paraíso aí no nosso Brasil!!
    Dois anos se passaram e tive a impressão de reviver tudo lendo seu post!!
    Bjss

    • Fernanda Floret, disse:

      Maria Antônia, bom ver (ler!) você por aqui!!

  23. Mariana, disse:

    Muito boa a reportagem. Parabéns!!!Fui para Noronha com meu noivo na época e agora marido rsrs. Fui aos mesmos lugares que vc, mas fiquei em uma pousada simples, de pescadores… só ia para comer e dormir. Acho que valeu a pena, pois conheci a vida dos moradores da ilha mais de perto. Noronha é um lugar incrivellllll e com certeza voltarei pra lá. Beijos!

  24. Marcela, disse:

    Morri com esse post! rs… Eu e meu marido tomamos coragem e fechamos nossa tao sonhada viagem para Noronha! Estamos pensando em levar nosso filho de 2 anos… O qie acha? Da para aproveitar com uma criança pequena?
    beijos

  25. Renata Godoy, disse:

    Olá Fernanda…meu noivo sonha com esse destino para nossa lua de mel…eu estava justamente pensando na pousada maravilha, mas assim como você disse, li em outros lugares que é uma boa pousada mas não vale o preço…você indicaria alguma outra que tenha visto por lá???
    obrigada pelas dicas!!! ;)

  26. Jacque, disse:

    Olá, adorei o post se não fosse um porém, o Hotel Maravilha foi construído de forma ilegal e em área onde não poderia ter sido construído.
    O arquipélago é protegido por legislação ambiental e é dividido em APA (Área de Proteção Ambiental, onde se pode construir obedecendo uma série de pré-requisitos) e o Parque Nacional, de proteção total. O hotel fica na fronteira entre a APA e o parque.
    Não acho muito bom ficar divulgando esse tipo de empreendimento que de nada colabora com o desenvolvimento do turismo sustentável e correto no nosso país.
    Obrigada. Jacque

  27. Thais Lourenco, disse:

    Fernanda, você mencionou sobre o serviço de passeio de barco exclusivo, você se recorda com qual empresa fez ou tem indicações deles? Somente encontrei os passeios em grupo, e amei essa ideia!
    Obrigada
    Thais

    • Fernanda Floret, disse:

      Thais, Eu só lembro que o nome era Paulo, e quem me indicou (e agendou) foi a própria recepção da pousada! Beijos!

  28. Gabriel Costa Rocha, disse:

    Coisa rara é “ver” homem visitando site de casamento, né?! [rs] Mas, como estou prestes a me casar e ainda estou num dilema cruel quanto ao lugar onde passaremos a lua-de-mel, procurei diversas opções e descobri no seu site, Fernanda, sugestões interessantes e muito bem detalhadas por você. Me “amarrei” nas fotos de Fernando de Noronha e confesso que fiquei fascinado com tudo. Quem sabe não acabo levando a minha princesa lá… Ah! Antes que me esqueça, poderia, por gentileza, nos informar quanto (aproximadamente) custou a sua viagem de férias para Fernando de Noronha? Abraço.

    • Fernanda Floret, disse:

      Gabriel, Fernando de Noronha é um paraíso, vale muito a pena! Não falo sobre valores aqui no blog, mas voc6e pode entrar em contato com a agência que indiquei no post e orçar. É uma viagem cara, mas voc6e pode optar por outras pousadas mais baratas do que essa que eu fiquei. Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>