Bolo cenográfico para o casamento, sim ou não? Já escutei argumentos muito contra e muito a favor para ambos os lados, vamos analisar?


O que é?

O bolo é na verdade um isopor! Mas com acabamento de bolo verdadeiro, ou seja, com uma cobertura de pasta americana ou glacê.

Por que usar um bolo falso?

Um bolo gostoso é um bolo molhadinho e bem recheado, certo? Agora imagina que vc quer um bolo assim bem recheado, de 3 (ou mais!) andares, e que será feito pela boleira que mora a 20 km de distância do local da sua festa e terá que transportar esse bolo molhadinho, recheado, de vários andares…. eu simplesmente prefiro não correr o risco do bolo desmoronar no dia do casamento!! E aí está uma grande vantagem do bolo falso. Mais fácil de transportar. E você pode fazer outro verdadeiro (molhadinho e recheado), sem decoração cara, de um andar só, para sair da cozinha já cortado e servido aos convidados.

Lembre-se também que o bolo ficará horas exposto no salão, e sob a iluminação forte da festa, correndo mais uma vez o risco de desmoronar ou sujar. Em cidades muito quentes então, deve ser mais difícil ainda.

O preço também é outro fator. Se o seu sonho é ter um bolo de vários andares decorados, com certeza um bolo verdadeiro sairia muito caro. E a realidade é que são poucas pessoas na festa que comem o bolo. Fazer um grande de isopor, e outro bem menor real para sair cortado da cozinha é uma economia nesse caso.

O bolo do meu casamento foi cenográfico por dois motivos: eu não queria de jeito nenhum o risco do bolo desmanchar no transporte, já que queria um bolo bem molhadinho e recheado; e eu queria decora-lo com flores, portanto achei mais higiênico ter outro bolo real na cozinha que não tenha sido espetado por caule de flores. (a foto do post é o meu bolo de casamento!)

E já que o bolo é de isopor, como fazer o corte simbólico?

Neste caso o bolo normalmente há um pequeno pedaço com o isopor retirado e preenchido por glacê ou algo assim, para que você possa cortá-lo com a espátula e não pagar o mico de ficar tentando cortar um isopor. É função da assessora do seu casamento posicionar o bolo no salão com essa parte preenchida com glacê voltada para os noivos. Normalmente tem uma marquinha avisando onde você deve fazer o corte.

E por que ter um bolo verdadeiro?

Acho  bolo verdadeiro mais romântico… sem aquela coisa de mega produção para casamento… Saber que o bolo que você cortou a primeira fatia é real e será depois fatiado e servido aos convidados tem o seu charme.

Só há de se pensar se não haverá problemas de transporte, e que ele seja muito gostoso e mesmo molhadinho/ recheado aguente firme e forte. Provavelmente se eu fosse me casar hoje escolheria um bolo menor em diâmetro e em andares (no máximo 2), e faria ele verdadeiro. Bem ao estilo dos que postei  AQUI.

Você também não precisa escolher um ou outro. Muitas noivas fazem o bolo com um andar verdadeiro para ser servido e os demais andares falsos, apenas de enfeite mesmo.

Então ao decidir se você terá um bolo verdadeiro ou cenográfico no salão, pense em todas estas questões: tamanho, recheio, transporte, exposição…. e escolha o que for melhor para sua festa, porque nesse caso não existe certo ou errado! O importante é ter um bolo, seja ele cenográfico ou verdadeiro, porque o corte do bolo tem um significado no casamento: a primeira fatia cortada pelo noivos juntos simboliza compartilhar junto o futuro.

converse com a gente
 9      3       0})
DEIXE SEU comentário
61 Comentários
  1. Isa, disse:

    Eu sempre fiquei pesando nisso e esse post me ajudou mais ainda sobre o que eu quero! Alias, esse blog me ajuda muito em preparativos!!

  2. Douglas, disse:

    Como sempre posts maravilhosos Fernanda!!! Parabens!

  3. Maristela Oliveira, disse:

    Olha! achei maravilhos
    esse blog,e esse post foi maravilhoso, parabéns.

  4. Xocolatl Carolina Fernandes, disse:

    Sou Cake dessigner em Belo Horizonte e concordo totalmente com o que disse a Emanuella. Mas queria confirmar o que disse uma das noivas nos posts anteriores. Ela descobriu que o bolo fake tem um preço muito parecido ao bolo verdadeiro, e a realidade é essa mesma. Pois como o que é mais caro no bolo é a decoração, não é colocando um isopor que abarateará o preço. Eu sou contra um bolo totalmente fake, mas o de misturar os dois um andar verdadeiro e os outros falsos, sim, sou a favor. Pois dependendo da decoração, bolo bonito é alto mesmo. Acho que os bolos fakes oferecidos de aluguel são muito baratos porque têm decoração muito simples.

  5. Beatriz Zandonadi, disse:

    Nada contra quem quer deixar tudo bonito e combinando, e nem dá muita importância pra simbologia.
    Mas quando penso em bolo e no que ele representa para o casamento nada mais importante do que mostrar o que vocês realmente são como um casal e o que querem representar para a sociedade.
    Não quero mostrar o que não sou, nåo quero representar nada perfeito, lindo e falso.
    Prefiro um bolo simples, gostoso e verdadeiro, assim como quero que seja minha relação!

  6. Fred, disse:

    Olá! Adorei o post! Bastante esclarecedor.Gostaria de lembrar que existem flores feitas de açucar idênticas as naturais, não sendo necessário colocar flores verdadeiras sobre o bolo! As flores do cake designer brasileiro Nelson Pantano são perfeitas! Nunca ouvi falar sobre colocar flores verdadeiras. Bjs

  7. Vanessa, disse:

    Beatriz Zandonadi, vc disse exatamente o que eu pensava!! Prefiro o simples e verdadeiro do que o lindo e falso.

  8. valeria everton, disse:

    Achovo bolo falso um horror…p mim o que vale e cortar o bolo e serv-lo ha quem nao coma mais se fosse por isso os bolos versaseiros tinham sido extintos…e ooutra o bolo falso fica ali deenfeite p nada…sou das antigas mesmo…bolo tem q ser real

  9. Silviane Almeida, disse:

    Quando era criança, fui a uma festa de um amiguinho, e na mesa avia um lindo bolo muito bem decorado, era um bolo no formato de um sapato da “Ortopé”. Fiquei a festa inteira esperando o momento mágico de cortar o bolo e poder saborear um pedaço, daquela obra de arte comestível. Quando acabou o parabéns, pensei, é agora: Olhava para o bolo, e nada de ninguém corta-lo, e na minha direção veio a minha mãe, tome filha é para você. Como assim? Eu queria o bolo que estava na mesa!!! Nunca me esqueci deste dia. E sempre fiz bolos de verdade para as nossas comemorações da milha família. AH! E sempre perguntei para os meus filhos o sabor que eles queriam o bolo.

  10. priscila, disse:

    Ola gente!! Era era contra o bolo fake, mas vou falar por qual motivo decidir fazer, conversando com a confeiteira que vai fazer meu bolo ela disse que o bolo normalmente é jogado fora e que agora está na “moda” mini bolinhos, ai ela faz um fake e os mini bolos pros convidados. Amei essa ideia ja que é inovador. Não sei se vai sair mai sbarato. Só sei que eu amei a ideia odos mini bolos!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>