Nem sempre as respostas estão nos livros de etiqueta, às vezes estão no bom senso e no coração. Vira e mexe recebo perguntas sobre “se pode colocar o nome do pai, mãe e madrasta“, por exemplo, no convite de casamento. Não existe esta regra nos livros de etiqueta porque nem sempre todos os pormenores das regrinhas de etiqueta são adaptados à nossa realidade atual. Cabe a todos nós adaptar com bom senso o que faz mais sentido para cada realidade. Perguntei para a Samara Costa, da Scards, o que ela achava em situações como esta no convite e ela respondeu: “Eu sempre acho que quanto mais sentimento colocado no casamento, mais lindo e sincero ele fica!“, e eu concordo!  A realidade da noiva abaixo foi que ela perdeu o pai ainda muito nova. A mãe se casou novamente e o padrasto a criou como pai. Para a realidade desta noiva, fez sentido colocar no convite o nome do pai que a colocou no mundo e o pai que a criou, um ao lado do outro (aparece pequeninho na imagem abaixo, com uma barra entre o nome dos dois). E quem vai dizer que é errado um convite assim com tanto sentimento e amor?

Convite: Scards

converse com a gente
 0      0       0})
DEIXE SEU comentário
57 Comentários
  1. karen, disse:

    bom dia, eu to tendo um problema com minha lista de convidados, pois eu gostaria, muito de convidar somente quem realmente esteve conosco, sempre, já que é meu segundo casamento, mas estou sendo cobrada, pois pretendo convidar, da mesma, família, só os pais, dos quais eu conheço, amigas, que querem que eu convide a família toda, só porque elas tem muita afinidades, mesmo sabendo que , nem intimidade, e nem afinidade pessoal eu tenho com a pessoa, o que eu devo fazer?até mesmo de padrinhos nao aceitar , por conta de ser contrariado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>