FIQUE POR DENTRO

Cadastre-se abaixo e receba as todas as novidades do Vestida de Noiva!

JÁ SOU CADASTRADO(A)

Casamento na Praia | Najla + Otávio

Vocês querem relato do casamento com emoção ou sem emoção? Elaborar um casamento na praia sempre requer atenção especial, mas elaborar um casamento na praia com a ressaca do mar pós ciclone extratropical  é um esforço além da compreensão. A organização impecável foi da Partie 24, e eles contam os detalhes:

“O desejo dos noivos era que a festa fosse até altas horas madrugada a dentro, porém na orla da praia de Juquehy o “psiu” começa às 00h. E o desejo dos noivos era que fosse na praia de Juquehy! Encontramos o hotel Juquehy La Plage que possui além da área externa pé na areia um salão interno onde também é possível fazer pista de dança até altas horas. As áreas comuns do Hotel deveriam ser transformadas para abrigar o evento e um tablado na praia seria montado para a cerimônia.

Ficou a cargo da Code Cenografia o conceito do evento. Unir o gosto hippie-chic dos noivos com o gosto clássico da família dos noivos (detalhe: a família da noiva é árabe) não foi tarefa fácil, mas muito divertida. A Code Cenografia, optou por uma decoração clássica com mesas algumas mesas e aparadores em madeira rústica.

Na quinta-feira o mar estava calmo e havia 20 metros de faixa de areia livre para montagem da cerimônia na areia. Durante a tarde a equipe da Partie 24 viu um aviso de ventos fortes e mudança na tábua de marés para as próximas horas e dias. Como prosseguir com o desejo dos noivos em casar na praia?

Os assessores e a equipe viram que na casa ao lado (muro com o Hotel), havia uma grande jardim. Descobriram o contato do proprietário do imóvel e locaram a casa para realização da cerimônia no jardim com o mar como plano de fundo.

“Até rosas brancas jogamos no mar para agradar Iemanjá” conta Gustavo Dudzeviciene, diretor da Partie 24 e Code Cenografia

Ventos fortes atigiram a praia o que paralizou os trabalhos de construção da cobertura para abrigar o evento. Uma cobertura de 6m de altura foi montada.

“A todo momento a equipe do hotel que mora na praia, falava sobre o ciclone que havia se formado no sul do país e que o mar ficaria muito raivoso” conta Gabriel de Cara, sócio-diretor da Code Cenografia e Partie 24

O vendo acalmou, e as obras continuaram na quinta feira. O dia finalizou com uma reunião com os noivos, pois era importante que eles soubessem do plano B que tínhamos devido a ressaca do mar que se anunciava. Os noivos foram super compreensivos e ao final o noivo nos disse: “Façam o melhor que puderem”.

Na sexta feira, pela manhã toda a orla de Juquehy já se preparava para o uma grande ressaca. Os hotéis da orla possuem uma elevação de 1,80m de atura da areia da praia e nos sentimos seguros com isso. Esperávamos que o mar chegasse perto do muro do hotel e até batesse nele como em outras ocasiões. Mal podíamos imaginar o que viria!!!

No começo da noite da sexta-feira toda a infra estrutura do evento estava pronta: cobertura havia sido finalizada e vistoriada pela engenharia, forrações no piso colocadas, palco montado, sonorização e iluminação prontas. Os móveis da Festah chegaram e a equipe da Code Cenografia junto com a equipe da Festah posicionou tudo muito rapidamente, voltariam 06h da manhã do sábado para colocar capas, assentos e passar tudo que fosse necessário.

Na sexta feira à noite, a equipe da Partie 24 estava toda reunida na área externa do hotel, acompanhando a ressaca do mar e fazendo a reunião final antes do Grande Dia. Às 21h30 o mar estava muito agitado e 2 ondas grandes entraram na área externa do hotel. Molharam completamente a equipe que estava em reunião, além de molhar boa parte do evento.

Sofás, carpetes e alguns equipamentos foram molhados. Começou uma operação de retirar tudo até que o mar acalmasse. As equipes da Code Cenografia, Festah, Estruturas, Engenharia e do Hotel retiraram tudo e esperaram o mar se acalmar. O mar continuou a castigar o litoral de Juquehy por toda madrugada diminuindo sua intensidade às 05h de sábado, mas ainda assim a ressaca continuava forte. Amanheceu e começou a limpeza da área.

Em 3h tudo estava limpo e a equipe de estruturas, sonorização e iluminação conseguiu remontar tudo enquanto a equipe de arranjos florais fazia os últimos ajustes.

Como abriu sol no sábado, conseguimos colocar assentos do mobiliário que molhou para secar naturalmente. Pouco antes do inicio da festa a equipe da Festah e Code já estavam fazendo os últimos ajustes.

As ondas batiam nos muros do hotel com força, no momento da cerimônia, bateram 2 ondas fortes, mas a equipe de estruturas tinha feito uma barreira com lona que salvou a remontagem da festa.

Alguns itens foram perdidos e outros danificados, mas a festa aconteceu e os noivos nada notaram. A festa teve duração de 12 horas sem interrupção com a banda Joab que o noivo adora e o Dj Renatinho que levou a festa até 4h”. 

É sempre bom lembrar, não dá para controlar o tempo no dia do casamento. Mas dá para emanar boas energias e acreditar que tudo (com uma boa equipe de profissionais) vai dar certo e que o mais importante é casar e estar junto de pessoas queridas. Amei o casamento clássico na praia.

 

Partie 24 – Casamento Praia de Juquehy/SP from Partie 24 Concierge on Vimeo.

Relações profissionais

Foto e Vídeo: Produtora 7 (SP)

Local da Cerimônia e Festa: Hotel Juquehy La Plage (Juquehy, SP)

Assessoria: Partie 24 (SP)

Decoração: Code Cenografia (SP)

Mobiliário Festa: Festah (SP)

Mobiliário Cerimônia: Ambiente Eventos (SP)

Buffet: Arroz de Festa (SP)

Bar de Drinks: Pinelli Eventos (SP)

Bolo: Lígia Barros (SP)

Doces: Carol Melo (SP)

DJ: Renatinho – Logic Djs (SP)

Som e Iluminação: TF Eventos (São Sebastião, SP)

CONVERSE COM A GENTE

Casamento | Bruna + Filipe

A Bruna nunca foi uma pessoa que sonhava em casar, e olha que ela trabalhava como assistente da Tais Puntel! “Apesar de trabalhar com casamentos, gosto muito de cenografia e decoração, gosto de realizar o sonho das noivas, mas nunca me imaginei de branco no altar”

A história do casal é bacana, vou colocar todo o relato da Bruna: “No final de 2015 estava um pouco indecisa sobre o que fazer no Reveillon, estava pensando em ir pra Nova York, sozinha, e passar uns bons dias lá curtindo o frio e a urbanidade. Foi aí que um amigo meu, arquiteto, disse que não deixaria de jeito nenhum eu ir pra lá sozinha, e me arrastou para o Universo Paralello, festival de música eletrônica que acontece a cada 2 anos no interior da Bahia. Interior mesmo!! Pra chegar lá é necessário um vôo até salvador, depois 6h de ônibus até Pratigi e depois um pau de arara pra chegar ao local exato do evento! Fiquei meio receosa, mas como vários amigos iriam, topei mudar de ideia. Desistir do frio e grande cidade pra me jogar no mar, sol de rachar e colchonete na barraca. Mal sabia eu, que tudo isso era coisa do destino pra me fazer encontrar a minha alma gêmea! rsrs

Depois de 2 dias de festival, estava indo pra minha barraca, sozinha, final de noite, pensando se comeria ou não antes de dormir; passei em frente a um Food Truck de hambúrguer, o cheiro até que estava bom, mas quando bati o olho e vi o cara que estava lá dentro eu decidi! VOU TER QUE COMER ESSE HAMBÚRGUER! hahahaha.

Fui lá, fiz meu pedido, ele anotou meu nome num papel e então magicamente me disse “Ok, quando ficar pronto eu te chamo!”… Poxa, fiquei procurando um assunto pra puxar conversa, perguntei de onde eles eram até que.. papo vai, papo vem, ele se interessou pela conversa, desceu do caminhão e falou “Poxa, volta aí outro dia pra experimentar outro hambúrguer! Vou te esperar” (lá não tem internet, nem sinal de telefone… Mal tem energia elétrica pra carregar um celular). No outro dia queria muito passar lá, mas fiquei na dúvida se ele lembraria de mim, 18.000 pessoas no festival, eu seria só mais uma que parou pra conversar com ele… O dia passou em branco.

Dia 01/01/2016, logo após a virada do ano, estava com meus amigos indo em direção a um dos palcos, e passamos em frente ao food truck, foi aí que eu pensei! QUER SABER? VOU LÁ AGORA! Saí correndo e quando cheguei no truck, ele não estava lá! rsrsrs, mas a menina que estava falou “O Filipe está ali embaixo”, foi quando ele me viu e eu o vi e falei “Vim te desejar feliz ano novo!” E aí que tudo aconteceu!! rsrs, ele não estava trabalhando naquele momento e ficou comigo naquela noite, e no próximo dia a trouxinha dele já estava na minha barraca e depois também.. finalmente chegou o dia de ir embora.

Eu voltei pra SP e ele voltou pra Brasília. Coração partido! Ficamos dias conversando pela internet e eu cheguei a conclusão de que não dava mais pra continuar daquele jeito. “Melhor a gente parar de se falar, isso não vai pra frente” foi aí que ele me respondeu.. “e se eu for morar aí??”…

Resumindo a história, ele deixou em Brasilia o trabalho, a casa, a família e um pedaço do coração (ele tem uma filhinha de 4 anos, que por sinal, aprendi a amar no primeiro momento que a vi) então ele veio pra cá em fevereiro, e nós nos damos tão bem e pensamos tão igual, que vez ou outra um fala o que o outro estava pensando, e assim, em uma conversa informal um dia nós decidimos casar, em tom de brincadeira, em uma conversa boba, que depois virou um plano aceitável, e chegamos a conclusão de que seria ótimo reunir nossas famílias e amigos, em um almoço, com a cerimonia feita por eles, pelas pessoas que fizeram nós nos encontrarmos e que apoiaram a nossa decisão doida de vivermos juntos. Em novembro/2016 foi a nossa festa! A nossa hora de dizer pra sempre!”. 

A decoração foi Tais Puntel. Quadros e acervo dos noivos dando um toque personalizado. Docinhos deliciosos Soul Sweet. Vestido de Noiva Atelier Jardim Secreto. Eu lembro da Tais Puntel me contando sobre o buquê. A noiva pediu um buquê surpresa, o buquê ficou na geladeira e na hora do casamento estava congelado! A Tais fez outro correndo e ficou mais maravilhoso ainda – assim como na história de amor deles, quando é para dar certo, tudo dá certo!

Relações profissionais

Fotos: Rodrigo Cypriano (SP)

Local, Assessoria e Bar: Espaço Quintal (SP)

Decoração: Taís Puntel (SP)

Buffet: Nani Bernardo (SP)

Bolo e Doces: Soul Sweet (SP)

Lembrancinhas: Geléia de Pimenta feita pelo noivo e paçoca amor

DJ: DJ Paulo – PDJ eventos (SP)

Convites: Entre Paredes (SP)

Vestido de Noiva: Atelier Jardim Secreto (SP)

Acessório: Atelier Girardi (SP)

Make: Ju Jóia (SP)

Cabelo: Beauty by Mandi (SP)

Sapatos: Arezzo

Alianças: Herança Família do Noivo

CONVERSE COM A GENTE

Editorial Vestidos de Noiva | Mariana Biasi

O que mais gosto dos vestidos de noiva da linha Mari Biasi Classy, da estilista Mariana Biasi, é a elegância despretensiosa. São tão simples e sofisticados pela renda italiana diferenciada que ela usa. Esse é mais um editorial preparado pela estilista para vocês.

A linha “Mari Biasi Classy” já está a venda no ateliê, localizado na Rua Jacques Félix, 27, na Vila Nova Conceição. Os valores dos vestidos começam a partir de R$3000 mil.

Relações profissionais

Fotos: Carol Noel  (SP)

Vestidos de Noiva: Mariana Biasi (SP)

Makeup & Hair Style: Claudia Aun Abrahão (SP)

Modelo: Paty Locks (SP)

Styling: Crown Estilo e Eventos (SP)

 

Jóias brincos: Kilaths (SP)

Head Piece: Filiz Flores (SP)

Grinalda e Jóias: Gabriel Amaral  (SP)

Grinaldas: Calla (SP)

CONVERSE COM A GENTE