decor-branca

Eu adoro casamentos todo branco, é leve e chique ao mesmo tempo. A noiva Luciana queria um casamento todo brano, com arranjos modernos e bem volumosos. Quem cuidou de todos os arranjos florais foi a querida Didi Gheler, que sempre faz tudo com muita elegância natural. Utilizou tulipas, rosas e peônias. Vale ressaltar esse alinhamento na relação da noiva com fornecedor – criar algo com a personalidade do casal, imprimindo a qualidade em toda decoração floral como a Didi Gheler fez. A cerimônia religiosa também ficou linda!

relação de profissionais desse casamento

Fotos: Rodrigo Amâncio

Local da Cerimônia e Recepção: Espaço Vale Verde (Taubaté,SP)

Assessoria e Decoração: Festeggiare (SP)

Arranjos Florais: Didi Gheler (SP)

Buffet: Zest (SP)

Bolo e Doces: Isabella Suplicy (SP)

Buquê: Didi Gheler (SP)

Móveis: 100% Eventos (SP)

converse com a gente
 0             0})
DEIXE SEU comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Tramontina-VestidadeNoiva-AlmocoparaReceberosPais_34

Depois da lua de mel, é claro que pais e sogros querem ir na casa dos recém-casados para saber se está tudo bem, comentar a repercussão do casamento, saber como foi a viagem. Não se preocupe em montar um almoço formal demais, mas não descuide para parecer que a casa está um caos. O segredo é o equilíbrio em uma mesa bem montada, mas deixando todos os convidados à vontade, como um almoço de sábado deve ser.

Escolhi usar a toalha de linho estampada comprada na lua de mel, estrear o jogo de talheres novos (com design clean elegante que amo) e fazer meu prato favorito, salmão com limão siciliano e alecrim – rápido de fazer e delicioso.

Fiquei na dúvida entre duas opções de montagem de mesa, qual vocês preferem? Na primeira opção, talheres sobre o guardanapo, mesa apenas com arranjos florais e o almoço servido em refratários montados no buffet da sala, para deixar a mesa mais livre, Na segunda opção, talheres montadas na mesa, incluindo já os talheres de sobremesa no estilo mais formal, e para quebrar a formalidade, almoço servido no kit de assar e servir, já no centro da mesa para cada um se servir, que é a forma brasileira tradicional de refeições em família.

Para incentivar mais momentos especiais em família, a Tramontina lançou o Projeto Felizes para Sempre. Quer ver mais ideias de momentos que você pode criar para celebrar o seu amor? Acesse tramontina.com/felizesparasempre

relação de profissionais desse casamento
converse com a gente
 0             0})
DEIXE SEU comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

casamento-praia-forte-bahia-castelo-mariana-ryan-41

Mais uma vez a sensação de querer entrar nas fotos e aproveitar a energia positiva deste casamento na Bahia, com organização da querida Indira Marrul. A história dos noivos é linda: “Para mim esse casamento foi mais do que um ato formal de oficialização. Já moro nos EUA há 7 anos e amo o Brasil e minha família e amigos. Por outro lado, tenho uma vida feita nos EUA. Sempre dividi muito da minha pessoa com os meus amigos americanos, de onde vim e como é a vida no Brasil. Também, claro, sempre conto para minha família e amigos no Brasil sobre minha vida nos EUA. Para nós dois, o casamento foi a primeira e talvez última vez que nossos dois mundos se uniram em um lugar. Antes muitos tinham me sugerido fazer dois casamentos, um em cada país. Mas fazer na Praia do Forte foi muito especial porque foi um momento de férias, descontração e alegria para todos que nos conhecem. Os meus parentes e amigos de Salvador puderam aproveitar e passar um final de semana longe da cidade e nossos amigos de fora se jogaram com a gente numa aventura maravilhosa pelo Brasil.

Queríamos um lugar que fosse simbólico para a gente e foi difícil escolher porque já viajamos e moramos em tantos lugares diferentes. Nós conhecemos na Itália quando éramos pequenos por causa que nossos pais trabalhavam na mesma empresa internacional e foram transferidos para morar na Itália. Éramos melhores amigos quando tínhamos 12-14 anos. Depois nossas famílias voltaram para o Brasil (a minha) e para os Estados Unidos (a dele). Fomos nos reencontrar depois de 5 anos em Houston, quando meu pai foi transferido de novo, dessa vez para os Estados Unidos, e convidou a família de Ryan para vir visitar a nossa casa. Desde aquele reencontro ficamos inseparáveis. Ryan meio que se convidou para ir visitar o Brasil comigo e minha família naquele mesmo verão. Fomos todos para Salvador. O primeiro lugar que levamos Ryan foi na Praia do Forte e virou uma tradição irmos para lá toda vez que visitamos a Bahia. Portanto, depois de muito olhar as lindas igrejas de Salvador, visitamos opções na Praia do Forte e o Castelo Garcia D’Avila foi instantaneamente o nosso preferido. Quando fomos lá, na hora percebemos que era um lugar mágico e perfeito para o estilo de casamento ‘garden’ que queríamos.

Depois da escolha do lugar escolhemos fazer do nosso casamento uma viagem, já que amamos viajar e compartilhar momentos com nossas famílias e amigos. Programamos uma viagem animada para o Rio de Janeiro na semana antes do casamento só com os nossos amigos mais próximos dos Estados Unidos, e programamos uma viagem mais relaxante e gastronômica com os  meus sogros e meus pais para relembrar os tempos que viajávamos juntos na Itália e comemorar essa nova fase de vida com os dois casais que serviram de exemplo para a nossa relação. As duas viagens foram maravilhosas. Fora isso, na noite antes do casamento, fizemos a tradicional “rehearsal dinner” americana com meus amigos e parentes mais íntimos do Brasil e nossos convidados dos EUA numa churrascaria, com voz e violão tocando MPB.

A cerimonia também foi toda a nossa cara. Nossas famílias e vidas sempre foram uma mistura de culturas, então queríamos representar isso na cerimonia. Nossas músicas de entrada foram todas italianas para representar o nosso passado, e as músicas do meio pro final do casamento foram em português e inglês. Meu anel de noivado foi da H. Stern com uma pedra nacional brasileira (prasiolita) com diamantes ao redor. Nossas aliancas são americanas. Tivemos uma cerimônia espírita mais focada na filosofia de vida e do amor do que em religião, já que não somos religiosos, mas acreditamos em Deus. Eu e Ryan escrevemos nossos próprios votos, um para o outro, e os recitamos: ele primeiro em português e depois em inglês, eu em inglês e depois em português, por respeito à cultura um do outro. A cerimonia foi em português, mas traduzimos toda ela em um panfleto para os convidados americanos.

Na festa tivemos banda brasileira, mas não abrimos mão de termos o DJ também para músicas mais internacionais. Fizemos a tradicional dança dos noivos, do pai da noiva e a noiva, da mãe do noivo e o noivo. Outra coisa que escolhemos fazer na festa logo depois das danças foi um discurso homenageando nossos pais por serem esses casais maravilhosos que nos ensinaram os valores de uma família unida. E para mais uma surpresinha para os convidados, passamos um mês ensaiando nos EUA duas danças surpresas para dançarmos no casamento. Depois das danças lentas, abrimos a pista, dancamos um pouco e depois nossa super assessora Indira Marrul nos levou para o camarim para trocarmos de roupa. Eu vesti um vestido curto branco rodado e o Ryan uma camisa de botão branca, suspensórios e calca social. Dançamos um samba de gafieira ao som da musica “burguesinha” (adoramos Seu Jorge) e uma coreografia de hip hop para simbolizar a cultura americana, ao som de Justin Timberlake “Rock your Body”. Foi uma das coisas mais divertidas que já fizemos na vida. Aprender a dançar à dois e nos preparar para esse casamento foi uma grande lição de vida e nós dois aproveitamos cada minuto do nosso casamento”.

relação de profissionais desse casamento

Fotos: Nelson Neto (BA)

Vídeo: Cinemotion

Local da Cerimônia e Recepção: Castelo Garcia D’Avila (BA)

Assessoria: Indira Marrul (BA)

Decoração: David Melo (BA)

Buffet: David Melo (BA)

Bolo: Katia Pellegrini (BA)

Doces: David Melo (BA)

 

Lembrancinhas: Fatima Bem Casados (BA)

DJ: Harmonizi (BA)

Atração Musical: Banda Baile Fantástico (BA)

Convites: Minted.com

Vestido de Noiva: Maggie Sottero (EUA)

Acessório: BHLDN (EUA)

Beleza: Dalmo

Alianças: H. Stern e Nazars

converse com a gente
 0             1})
DEIXE SEU comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

casamodanoivas_2016

Não é apenas mais um evento de casamento para noivas… Tem muitas coisas bacanas acontecendo no Salão Casamoda Noivas 2016! De convites ao vestido de noiva, produtos e serviços badalados de casamento estarão nos próximos dias 15, 16 e 17 de abril no Pavilhão da Bienal, em São Paulo.

Além do expositores, o evento traz desfiles incríveis e pela primeira vez, uma exposição de vestidos do estilista Sandro Barros.

DESFILES

No primeiro dia do evento, o estilista Lucas Anderi nos leva a uma viagem luxuosa pela rica cultura árabe com a coleção Arabesco. A inspiração veio de uma visita a cidade de Omã Muskat onde mergulhou no universo árabe para criar seus já tão desejados vestidos. Os tecidos usados são: zibeline de seda, tule de seda, rendas italianas e francesas e os tules bordados a mão com cristais. As cores que estão presentes são o nude, o off-White e o bege, a modelagem se destaca com os grandes volumes na saia e a cintura marcando a silhueta e os decotes aparecem com toques de transparência.

LINE-UP DE DESFILES:

Sexta-feira, dia 15/04
20h30 – Lucas Anderi

Sábado, dia 16/04
18h30 – Martha Medeiros
19h30 – Carol Hungria
20h30 – Solaine Piccoli

Domingo, dia 17/04
18h30 – Samuel Cirnansck
19h30 – Geraldo Couto
20h30 – Ricardo Almeida

EXPOSIÇÃO

O estilista Sandro Barros promete ainda inspirar os visitantes apresentando uma seleção de alguns dos modelos de noiva e festa mais famosos que já produziu em sua carreira. O estilista, que participa pela primeira vez do evento, apresentará 20 vestidos que contam a trajetória de sua carreira. São modelos que demonstram as várias técnicas de trabalho manual e artesanal, características marcantes de seu trabalho. A ideia é que as pessoas mergulhem em seu universo de inspiração. Na exposição poderão ser vistos vestidos de noiva da Lala Rudge, Carol Buffara, Claudia Ioschpe, entre outras e vestidos de festa usados por Cris Lotaif, Donata Meireles, Glória Maria, Renata Queiroz de Moraes e Ruth Malzoni.

Os ingressos antecipados do Salão Casamoda 2016 podem ser adquiridos online através do link https://semhora.com.br/evento/salao-casamoda-noivas.

SERVIÇO:
Salão Casamoda Noivas 2016
Datas: 15, 16 e 17 de abril
Horário: Sexta e Sábado das 11h às 21h e Domingo das 11h às 19h
Local: Pavilhão da Bienal (Av. Pedro Álvares Cabral, s/n – Parque do Ibirapuera, São Paulo-SP)
Ingressos: R$ 80,00 antecipados e R$ 100 no local (válido para os três dias do evento)
www.casamodanoivas.com.br

converse com a gente
 0             0})
DEIXE SEU comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>