cas_EL_0004

Completamente encantada com as fotos do dia da noiva da Eloisa. Dá para perceber o clima familiar, tranquilo e cheio de sentimento que foi esse dia. E a daminha admirando o vestido de noiva? Coisa mais fofa!

Casamento em Poços de Caldas, MG, com fotos do Samuel Marcondes e vários detalhes que imprimiram o estilo dos noivos da festa: “Minha mãe e minha avó materna se chamavam Margarida… Então pedi que tivessem margaridas no buquê e na decoração da igreja. Para a recepção levei um pouco da minha casa para lá… Foram livros, peças de prata, sopeiras“, contou a noiva.

relação de profissionais desse casamento

Fotos: Samuel Marcondes (MG)

Vídeo: Dezessete Filmes (MG)

Local da Cerimônia: Igreja São Domingos

Local da Recepção: Serras Altas Golf Estate (Poços de Caldas, MG)

Assessoria: Prisma Eventos (MG)

Decoração: Anderson Jardim (MG)

Buffet: Zimbro (MG)

Bolo: Gisele Monteiro 

Doces: Lili, Flavia Garcia, Desejo e Sabor, Cupcakes Suzana Maki

Lembrancinhas: Atelier L’Arte (MG)

Bandas: Viva la Vida e Genes Eecessivos

Convites: Papel e Estilo 

Vestido de Noiva: YolanCris by Casamarela (Campinas, SP)

Sapatos: Kila Calçados (SP)

Joias: herança da bisavó da noiva

converse com a gente
 0      2       0})
DEIXE SEU comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

casamento (19)

Os noivos são de Brasília, mas resolveram fazer um destination wedding e casar em São Miguel dos Milagres porque queriam que fosse na praia, simples e leve. Um casamento que durasse um fim de semana inteiro, incluindo um forró com tapioca na noite de sexta feira, casamento no sábado e dia livre com todos juntos no domingo para conversar sobre a noite anterior, rs!

A noiva conta as prioridade e todos os detalhes: “A coisa mais importante para nós dois, desde que decidimos nos casar, é que o processo fosse uma curtição. Não faria sentido para nós o esforço de uma festa que se tornasse um “peso” e que a gente não se divertisse durante os preparativos. Sou designer e jornalista e meu marido, arquiteto. A partir de nossas veias criativas, começamos a fazer mutirões para resolver tudo o que envolvia o casamento. Nossos amigos iam lá para a casa dos meus pais e a gente encaminhava um monte de coisas. Fizemos desde a identidade visual (criação da arte do convite, envelope, texto, menu, cartões de agradecimento e até a escolha dos tecidos que iam compor a decoração) às lembrancinhas (fizemos as velas e os sabonetes). Nesses mutirões também fomos decorando as garrafinhas que juntamos (água mineral, vinho, espumante, azeite, leite de côco) com rendas, tecidos, cordinhas, palhas etc. Tomamos muitas decisões em grupo e também contamos com a ajuda deles para colocar a mão na massa. As gambiarras foram feitas na obra do meu pai, que é engenheiro. Os filtros dos sonhos do altar foram idéia da minha mãe, que foi juntando os panos de artesanato aos poucos e comprando em várias viagens… Minha maquiagem foi feita por uma amiga. Outra amiga resolveu a impressão dos leques. Outra fez as garrafinhas de sal grosso que distribuímos na sexta. Uma prima cuidou dos kits de banheiro e dos lencinhos de papel da cerimônia. Um amigo fez os bottons (ele também foi o incrível DJ da festa). O grupo de chorinho do meu pai, o grupo Vibrações, que também toca samba foi um show à parte: o grupo praticamente virou um karaokê, porque os convidados iam lá cantar, as pessoas pediam músicas e eles tocavam… Um barato! As mensagens e os desenhos dos quadros-negros também foram produzidos por amigos. Isso nos aproximou de muita gente que já era querida e fez com que várias pessoas se envolvessem intensamente com o nosso grande dia que, no fim das contas, virou um dia super especial para todo mundo que estava lá com a gente”.

As fotos são do Pierre Bomfim:

relação de profissionais desse casamento

Foto: Pierre Bomfim Fotografia (Recife)

Vídeo: Olho Mágico (Maceió)

Local da cerimônia e recepção: Pousada Côté Sud (São Miguel dos Milagres, AL)

Cerimonial: Lumiar Produções e Eventos (Maceió)

 

Decoração: Geraldo Barros (Maceió)

Buffet: Gourmeteria (Maceió)

Bolo: Renata Sarmento (Maceió)

Doces: Gourmeteria e Fabiana Malta (Maceió)

Vestido da Noiva: Vera Wang’s White for David’s Bridal line

converse com a gente
 0      3       0})
DEIXE SEU comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

maldivas

Marina e Sergio tiveram uma verdadeira lua de mel dos sonhos, conheceram lugares diferentes, misturaram descanso com viagem cultural. Abaixo eles compartilham as melhores dicas:

Destino Escolhido: Maldivas, Índia e Dubai.

Agência de Viagens: Kangaroo Tours

Duração da viagem: 3 semanas.

Época do ano viajada: Março/Abril de 2014.

Hotéis de hospedagem: Maldivas: Huvafen Fushi | India: Em Delhi – The Taj Mahal Hotel | Em Jaipur – Jai Mahal Palace | Em Agra – The Oberoi Amarvilas | Dubai: The Palace Downtown Hotel

Razão para ter amado o hotel? Tivemos sorte de só ficar em hotéis maravilhosos, fica até difícil escolher. O Huvafen Fushi traz aquele paraíso que são as Maldivas para um ambiente bem privativo. O legal do hotel é que apesar de haver várias pessoas hospedadas, no dia a dia você não vê quase ninguém. É como se o hotel fosse só nosso. Fazendo snorkeling vimos muitos peixes, corais e até tubarões, sem contar com o periquitinho que nos fez companhia durante dois dias na praia! O hotel Oberoi Amarvilas em Agra também é um hotel lindo demais, mas infelizmente não aproveitamos tanto pois só ficamos um dia para visitar o Taj Mahal. Se soubéssemos da estrutura do hotel antes, com certeza planejaríamos um dia a mais lá. Aliás, o serviço dos hotéis indianos é impecável! Éramos sempre recebidos com alguma lembrancinha de boas-vindas, além de champagne e bolo de chocolate no quarto.

Qual foi a refeição mais inesquecível? Provamos um menu degustação incrível no restaurante Indian Accent em Delhi. Todos os sabores da Índia em uma única refeição.

Um passeio que vocês nunca vão esquecer? Um passeio que nunca esqueceremos é a visita ao Taj Mahal. Além da história de amor que envolve a construção dele, ficamos literalmente embasbacados pela beleza do lugar. O Taj Mahal é uma obra de arte, foi construído todo em mármore branco com desenhos de flor feitos com pedras preciosas e semipreciosas de diferentes regiões da Índia. Vale a pena ir pra Índia só pra visitá-lo.

Se fossem voltar ao meu destino mês que vem, o que fariam diferente? Além de ficar mais uns dois dias em Dubai, saltaríamos de paraquedas sobre o Jumeirah. Deve ser uma sensação incrível.

A cena ou momento mais bonito da viagem? Ganhamos do hotel nas Maldivas um jantar a luz de velas na beira da piscina e com vista para o mar, só para nós. Esse foi um momento super romântico!

Qual dica desta viagem passaria para seu melhor amigo? Não dirija na Índia!! Ficamos com um motorista à disposição porque dirigir na Índia é impossível. As regras que valem aqui não valem lá e vice-versa. Na estrada demos de frente com um caminhão na contra mão e nosso motorista simplesmente desviou como se fosse super normal. Acreditem!

Além das fotos e das memórias, qual a lembracinha que trouxeram do local? Trouxemos mais coisas da Índia, onde tem muitas caixinhas de madeira, enfeites de mármore e mini deuses indianos. Trouxemos também lenços de seda que são muito baratos lá e são presentes bem legais para as mulheres.

KangarooTours

converse com a gente
 0      2       0})
DEIXE SEU comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>