ACP_4765_2

No final de Janeiro, à convite da Casa Lisboa, estive com um grupo de profissionais de casamentos conhecendo o Grupo Miolo, em Bento Gonçalves, RS. Se tem algo que me deixa encantada é ver a paixão com que todos trabalham na vinícola, você realmente se sente em família.

Vocês sabiam que a média de consumo de vinho no Brasil ainda é muito baixa, de apenas 1,7L per capita? Só para efeito de comparação, na Argentina o consumo é de mais de 30L per capita. Vamos melhorar esse índice? Vocês sabiam também que o Brasil se destaca na produção de excelentes espumantes? Vou compartilhar um aprendizado ao longo destes 7 anos de blog: muitos casais optam por servir cava (espumante produzido na Espanha) ou prosecco (espumante produzido na Itália) no casamento, achando ser “de qualidade melhor”, mas muita vezes os espumantes brasileiros são de qualidade muito superior comparado com algumas destas bebidas da Espanha ou Itália vendidas aqui (um teste as cegas é sempre uma boa ideia!). Só para você ter ideia, o espumante Miolo Millésime contabiliza mais de 13 prêmios em concursos na França, EUA, Itália, Inglaterra, Alemanha e Brasil.

Para quem planeja uma viagem romântica, a Vinícola Miolo fica aberta o ano inteiro, incluindo finais de semana e feriados. É uma oportunidade maravilhosa de conhecer o processo de fazer vinho e participar de uma degustação. Informações, clique aqui.

Para quem está escolhendo as bebidas do casamento, a Casa Lisboa vende os melhores rótulos da Miolo. A vantagem de comprar através da Casa Lisboa é que você pode comprar por consignação (ou seja, o que não for consumido no seu casamento, você tem a opção de devolver!), participar de degustação com horário marcado, eles cuidam da entrega e retirada das bebidas da sua festa, além do serviço de SOS – caso a bebida acabe durante a festa, eles providenciam a reposição durante o evento. Mais informações: (11) 2097-4888 | 2296-0657 | eventos@casalisboa.com.br

relação de profissionais desse casamento

Fotos: AnaCris.Photo (RS)

Bebidas: Casa Lisboa Bebidas (SP)

converse com a gente
 0             0})
DEIXE SEU comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Capa-Ninhovazio

Escrevi este texto pensando nas mães das noivas (e por que não dos noivos?), que são leitoras do site. E também para as noivas que podem ter algumas ideias de como ajudar as suas mães nesta fase do ciclo da vida!

Entenda porque a Síndrome do Ninho Vazio acontece e o que você pode fazer sobre isso.

Quando os seus filhos saem de casa, pode acontecer uma situação chamada Síndrome do Ninho Vazio, que se caracteriza pela presença de diversas emoções, muitas delas ambivalentes, como felicidade e tristeza, ansiedade e entusiasmo, vazio e plenitude.

O que é a Síndrome do Ninho Vazio e por que alguns pais experimentam e outros não?
Não é um diagnóstico clínico. Em vez disso, é um fenômeno em que os pais experimentam sentimentos de tristeza e perda quando o último filho sai de casa.
Embora os pais possam encorajar ativamente os seu filho a tornar-se independente, a experiência de desapego pode ser dolorosa. E podem achar que é difícil de repente não ter mais seus filhos em casa, que precisam de sua atenção.

Qual é o impacto da síndrome do ninho vazio?
Essa situação pode reduzir os conflitos familiares, e pode oferecer aos pais muitos outros benefícios. Eles têm uma nova oportunidade para se reconectar um com o outro, melhorar a qualidade de seu casamento e voltar a ter interesses pelos quais anteriormente não poderiam ter tido tempo.

Como lidar com a síndrome do ninho vazio?

  • Aceite o “timing”: Evite comparar o “momento” de seu filho com sua própria experiência ou expectativa. Tente se concentrar no que você pode fazer para ajudá-lo a ter sucesso quando ele ou ela sair de casa.
  • Mantenha contato: Esteja perto de seus filhos, mesmo quando estiverem morando separados. Faça combinações para visitas e contatos frequentes.
  • Procure apoio: Busque amigos queridos para apoio e Compartilhe seus sentimentos. Se você se sentir deprimido, consulte o seu médico
  • Se mantenha positivo: Pense no tempo extra e energia que você pode ter para se dedicar ao seu casamento ou interesses pessoais depois de seu último filho sair de casa.

Posso prevenir a Síndrome do Ninho Vazio?

Se o seu último filho está prestes a sair de casa e você está preocupada com a síndrome do ninho vazio, pode se planejar com antecedência. Procure novas oportunidades em sua vida pessoal e profissional. Mantenha-se ocupado ou assuma novos desafios no trabalho ou em casa. Tudo isso pode ajudar a aliviar a sensação de perda que a saída de seu filho pode causar.

base_MarianaPedrini

converse com a gente
 0             0})
DEIXE SEU comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

CaixadeRetratos_LucianaCollet

As provas do vestido de noiva estão entre os dias mais felizes da organização do casamento. A querida fotógrafa Carol Coelho da Caixa de Retratos esteve na última prova do vestido de noiva da Thais – vamos aproveitar para mostrar os detalhes do vestido do ponto de vista da noiva e da estilista Luciana Collet.

A Thais contou que já havia provado alguns vestidos prontos, mas não tirava da cabeça um modelo muito romântico que havia visto na internet: “Peguei as indicações de estilistas no “Vestida de Noiva” e enviei e-mails para agendar uma visita. A Luciana Collet me retornou e  fui até seu atelier com a referência do vestido. Logo na primeira conversa a Lu entendeu exatamente o que eu queria e me passou muita segurança de que tudo seria como eu quisesse e que durante o processo poderíamos até mudar o modelo de decote, manga, etc caso os escolhidos não ficassem bem no corpo. Ela então adaptou o modelo para a cor desejada (o modelo original era nude escuro), mantendo a essência romântica do vestido com o uso da renda, transparência e sobreposição de tecidos. Eu amei o resultado e realmente o vestido foi um sucesso!!”. 

A Luciana Collet criou um vestido de noiva romântico, elegante e sofisticado na medida certa. Vestido de corpo e saia de renda com uma camada apenas de tule na saia, com renda por cima até quase à altura do quadril. “Deu uma leveza e apareceu mais o desenho da renda francesa, que era lindo e delicado, cheio de lacinhos. No corpo, até essa aplicação de renda em cima do tule, foi bordado à mão com pérolas e cristal swarovisk“, contou a estilista.

“Eu tinha criado uma aplicação de musseline de seda na parte de trás, tipo fazendo uma cauda, mas durante as provas achamos que esse detalhe era dispensável, pois já tínhamos chegado num ponto bom de equilíbrio. Essa, aliás, é a vantagem de um vestido sob medida: criar a cada prova, fazer mudanças, ficar perfeito no corpo. Ficar realmente como se sonhou ou ainda melhor!

Na última sempre digo que é importante fazer o teste de cabelo e maquiagem colocar o assessório escolhido da Graciella Starling e provar o vestido! Assim a noiva consegue se ver como um todo e consegue fazer alguma alteração nesses itens para não ter stress no dia. Se ver como se fosse o grande dia!

relação de profissionais desse casamento

 

Fotos: Caixa de Retratos (SP)

Vestido de Noiva: Luciana Collet (SP)

Acessório: Graciella Starling (SP)

converse com a gente
 0             100})
DEIXE SEU comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>