dresscodepraia

Verão chegando, cada vez mais casamentos na praia acontecendo… E a mesma dúvida de muitas madrinhas e convidadas: o que vestir em casamento na praia? Abaixo escrevi algumas dicas para ajudar:

1) Regra nº1: Esteja linda! Fica mais fácil você pensar no look se tiver esta frase na cabeça. É um casamento e casamentos são sempre ocasiões especiais, uma festa foi preparada para você celebrar junto aos noivos, então esteja linda e capriche no visual. Não é porque o casamento é na praia que pode ir despojada com qualquer vestidinho usado domingo para tomar sorvete.

2) O casamento ser na praia também não significa que é mais informal. É verdade que a maioria do casais que decidem casar na praia gostam sim do clima descontraído e informal, mas isso não é regra. Pode ser um casamento chiquérrimo num resort de praia. Mas pode também ser um casamento de surfistas totalmente despojado e com todo mundo descalço na areia. O convite deve passar a primeira impressão de como será a festa, para você pensar no traje. Caso não faça a mínima ideia, a melhor coisa é simplesmente perguntar para a noiva. Eu aposto que a noiva vai preferir mil vezes que você pergunte sobre o traje do que simplesmente ir de qualquer jeito.

3) Para madrinhas, a dúvida costuma ser sobre o comprimento, longo ou curto. Mais uma vez, a melhor coisa a fazer é perguntar para a noiva! Não existe uma regra, quem define se quer todas de longo, todas de curto, se pode ter madrinha com vestido estampado ou não, é a noiva.

4) O que diferencia seu vestidinho usado domingo a tarde de um vestido de casamento na praia é o tecido. Casamento sempre pede tecidos nobres (lembre-se, é uma ocasião especial!) como mousseline de seda, crepe de seda, linho. Pense em tecidos leves, fluídos, com movimento. Não significa que não possa usar vestidos mais estruturados, mas nesse caso opte por vestidos de cores claras ou alegres/ estampado para balancear.

5) Cores claras, alegres e estampas são perfeitas para casamentos na praia.

6) Pode usar brilho? Se o casamento for daqueles que começa no fim da tarde com o pôr do sol e a festa vai noite adentro, pode sim! Mas fica melhor brilho em forma de pedras bordadas ou brilho com estampa do que simplesmente metalizados (dourado e prateado) usados em festas na cidade.

7) E os sapatos? Mais uma vez, tente se informar sobre como é o local da festa ou converse com a noiva. Se o casamento for totalmente pé na areia ou num deck, é melhor evitar salto alto. Vestidos fluídos longo com rasteirinha de festa fica lindo.

8) Os acessórios também são importantes. Vestidos lisos de mousseline de seda ficam lindos com brincos grandes e pulseiras, especialmente usando gemas brasileiras. A clutche complementa o look, escolha uma colorida coordenando com o vestido ou de materiais naturais como bambu.

9) Cabelo e maquiagem não podem ser esquecidos, fazem parte do visual da convidada. Lembre-se que na praia pode ter aquele ventinho/ brisa, que pode bagunçar sua escova ou baby liss ainda na cerimônia religiosa. É uma boa oportunidade de fazer um coque ou trança despojada, daquelas que você treina em casa e no dia pode conseguir fazer sozinha mesmo!

10) Não adianta você estar linda e seu namorado/ noivo completamente errado. Traje masculino para casamento é sempre terno. Se o casamento for diurno, pode ser terno bege ou cinza claro. Casamentos entrando noite a dentro, um terno cinza fica ótimo. Caso a festa seja informal, calça de linho com camisa branca fica sempre elegante, ou mesmo uma calça social bege com camisa branca, sem o paletó. Jeans e bermudas estão fora de cogitação, a menos que os noivos sejam completamente desencanados, a festa seja completamente informal e tenham liberado ir como quiserem (eu sempre considero que pode ser um casal que não goste de regras e prefira os convidados à vontade, mas neste caso é sempre bom conhecer bem os noivos e perguntar informalmente, porque às vezes o casal é até informal, mas estão preparando uma festa de casamento mais “certinha” e esperando que todos os convidados estejam lindos!).

Imagens de referência: Dress & GoNet-a-Porter e Pinterest

converse com a gente
 0      1       4})
DEIXE SEU comentário
1 Comentários
  1. Fernanda Farias, disse:

    Fê, adorei todas as suas dicas, sempre úteis para nós noivas. Concordo com você, acho que casamento na praia tem que ter requinte e sofisticação na medida certa. Adorei as fotos com os modelos, parabéns pelo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Casamento-Trancoso

Quando vi as fotos deste casamento em Trancoso, a impressão que tive é que foi um casamento mágico, pelo entrosamento dos convidados, pelas luzinhas, pelo clima de felicidade natural. 

A noiva enviou o depoimento dela para gente:

“Em uma viagem para Europa, o Bruno decidiu me pedir em casamento – em Paris! Ele planejou tudo sem eu saber. Com a desculpa que era comemoração do meu aniversário tivemos uma programação especial durante uma semana, mas a surpresa maior ficou para o dia em que ele me levou pra almoçar no Bateaux Parisiens, num passei pelo Rio Sena. Depois de passar sob a ponte dos desejos e com a voz da cantora do restaurante-barco ao fundo, ele se ajoelhou e fez o pedido. Não bastasse tudo isso, depois do passeio, fomos a alguns pontos da cidade para uma sessão de fotos, com a fotógrafa Gabi Alves, brasileira que mora lá. Foi tudo lindo! 

Depois disso, começamos a pensar no casamento, com a certeza de que queríamos fazer na praia. Depois de uma passagem rápida por Trancoso, não restou dúvida que aquele era o local. Em 8 meses organizamos tudo e contamos com a presença de 110 pessoas. Por causa de um grave problema de saúde com o pai do Bruno, somado a toda emoção e nervosismo natural do momento, dá pra acreditar que ele desmaiou em pleno altar?! Mas tirando aquele momento de tensão, a história até ficou engraçada! Depois disso a noite foi marcada por muito alegria, num ambiente super agradável, regado a comida boa, bebida gelada e música animada.

Uma dica importante é que fazer o evento fora da nossa cidade representou uma economia muito grande para nós, que pagamos com nosso próprio dinheiro. Foi uma festa menor do que seria se fosse em casa, é verdade, mas podemos dizer que contou com a presença de cerca de 95% das pessoas mais importantes pra gente. Somado a isso, foi uma excelente oportunidade de uma viagem com muitas pessoas queridas ao mesmo tempo“.

relação de profissionais desse casamento

Fotos: Karib Ribeiro (Trancoso, BA)

Local da Cerimônia e Festa: Hotel da Praça (Trancoso, BA)

Buffet e Decoração: Hotel da Praça (Trancoso, BA)

Bem-casados: Sweet Sayuri

Receptivo: Morena Turismo (BA)

 

Bolo e doces: Nalva Sales (Trancoso, BA)

DJ: Daniel Black

Havaianas personalizadas: Sandália Mania 

Vestido da Noiva: Maggie Sottero

Cabelo e Make da Noiva: Norma e Nanda (Trancoso, BA)

Roupa do Noivo: Hugo Boss

converse com a gente
 0      3       0})
DEIXE SEU comentário
3 Comentários
  1. Camilla Iumatti, disse:

    Gente que lindeza! Que noivo romântico!!!
    Sem contar que casamento em praia já tem um encanto todo especial né?!
    Fiquei tensa pelo desmaio do noivo, mas que bom que no fim todo mundo curtiu! Felicidades aos noivos!

    adoro esse blog :)

  2. Bruno Aprá, disse:

    Obrigado pelo post Fernanda. Ficou lindo! Seu site com certeza nos inspirou muito! =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

casamento (19)

Os noivos são de Brasília, mas resolveram fazer um destination wedding e casar em São Miguel dos Milagres porque queriam que fosse na praia, simples e leve. Um casamento que durasse um fim de semana inteiro, incluindo um forró com tapioca na noite de sexta feira, casamento no sábado e dia livre com todos juntos no domingo para conversar sobre a noite anterior, rs!

A noiva conta as prioridade e todos os detalhes: “A coisa mais importante para nós dois, desde que decidimos nos casar, é que o processo fosse uma curtição. Não faria sentido para nós o esforço de uma festa que se tornasse um “peso” e que a gente não se divertisse durante os preparativos. Sou designer e jornalista e meu marido, arquiteto. A partir de nossas veias criativas, começamos a fazer mutirões para resolver tudo o que envolvia o casamento. Nossos amigos iam lá para a casa dos meus pais e a gente encaminhava um monte de coisas. Fizemos desde a identidade visual (criação da arte do convite, envelope, texto, menu, cartões de agradecimento e até a escolha dos tecidos que iam compor a decoração) às lembrancinhas (fizemos as velas e os sabonetes). Nesses mutirões também fomos decorando as garrafinhas que juntamos (água mineral, vinho, espumante, azeite, leite de côco) com rendas, tecidos, cordinhas, palhas etc. Tomamos muitas decisões em grupo e também contamos com a ajuda deles para colocar a mão na massa. As gambiarras foram feitas na obra do meu pai, que é engenheiro. Os filtros dos sonhos do altar foram idéia da minha mãe, que foi juntando os panos de artesanato aos poucos e comprando em várias viagens… Minha maquiagem foi feita por uma amiga. Outra amiga resolveu a impressão dos leques. Outra fez as garrafinhas de sal grosso que distribuímos na sexta. Uma prima cuidou dos kits de banheiro e dos lencinhos de papel da cerimônia. Um amigo fez os bottons (ele também foi o incrível DJ da festa). O grupo de chorinho do meu pai, o grupo Vibrações, que também toca samba foi um show à parte: o grupo praticamente virou um karaokê, porque os convidados iam lá cantar, as pessoas pediam músicas e eles tocavam… Um barato! As mensagens e os desenhos dos quadros-negros também foram produzidos por amigos. Isso nos aproximou de muita gente que já era querida e fez com que várias pessoas se envolvessem intensamente com o nosso grande dia que, no fim das contas, virou um dia super especial para todo mundo que estava lá com a gente”.

As fotos são do Pierre Bomfim:

relação de profissionais desse casamento

Foto: Pierre Bomfim Fotografia (Recife)

Vídeo: Olho Mágico (Maceió)

Local da cerimônia e recepção: Pousada Côté Sud (São Miguel dos Milagres, AL)

Cerimonial: Lumiar Produções e Eventos (Maceió)

 

Decoração: Geraldo Barros (Maceió)

Buffet: Gourmeteria (Maceió)

Bolo: Renata Sarmento (Maceió)

Doces: Gourmeteria e Fabiana Malta (Maceió)

Vestido da Noiva: Vera Wang’s White for David’s Bridal line

converse com a gente
 0      3       0})
DEIXE SEU comentário
2 Comentários
  1. Tati, disse:

    Que vibe boa que esse casamento passou através das fotos! Coisa linda de viver! =D

  2. Pierre Bomfim, disse:

    Oi Fernanda,

    Boa tarde! Que ótimo que o post saiu, está lindo! O link que vai para o meu site, Foto: Pierre Bomfim Fotografia (Recife) > http://www.pierrebomfim.com.br (pois está indo para outro endereço).
    Abraço e sucesso! :D

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>