Post-Bebeta

A Bebeta Schiavini, assessora de casamentos desde 2003, responde:

Sempre planejo o plano B e o plano C, ou seja, tem que ter algum local com cobertura – não só no teto como lateral para o caso de chuva.

Se não tiver uma construção, ou seja, se for tudo ao ar livre, sugiro que montemos uma cobertura (o que não é barato) para servir de plano B. Às vezes os noivos escolhem um local sem nenhuma cobertura ou mesmo que tenha uma, porém pequena, e não pensam no valor disso. Aí quando me contratam eu explico e às vezes foge totalmente do orçamento inicial, por isso uma assessoria é importante para pensar nestes detalhes desde o início do planejamento.

Não só pode chover na hora da cerimônia, mas pode chover antes (pela manhã) e o chão/gramado ficar encharcado. Ou mesmo que saia o sol e seque um pouco, temos que pensar nos sapatos dos convidados, na cauda do vestido da noiva e nas cadeiras/bancos que poderão afundar e criar um cenário de caos.

Temos que pensar que os convidados estão com roupas delicadas, saltos etc e não é nada agradável pisar no barro ou piso escorregadio durante um casamento.
Nunca arrisco não ter opções viáveis e confortáveis para os noivos e seus convidados, afinal temos que pensar também na parte visual que ficará registrada nas fotos e vídeo.
Mesmo que a previsão não seja de chuva e nem o mês seja propício para isso, sempre planejo o plano B nem que seja casar no meio das mesas do salão da festa; e sempre converso e explico os cenários possíveis para os noivos estarem cientes do que realmente pode acontecer, sem surpresas. Assim, se ocorrer a chuva e o casamento ao ar livre não for possível, no dia eu converso com os noivos e peço autorização para colocar em prática o plano B.

Saiba mais sobre a Bebeta Schiavini:
No nosso Guia de Fornecedores: vestidadenoiva.com/fornecedores/bebeta-wedding-planner/
E-mail: contato@bebetaschiavini.com.br

converse com a gente
 0      1       0})
DEIXE SEU comentário
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Capa-porondecomecar

Organizar o próprio casamento é uma delícia! Para tudo dar certo, fiz um vídeo com os primeiros passos, as dicas de por onde começar na organização do casamento. Neste vídeo vamos falar sobre:

Vdn1 A definição do estilo da festa

VDN2 O orçamento disponível

vdn3 A lista de convidados

vdn4 A definição de data e local

vdn5 A pesquisa por inspirações

Inscreva-se no nosso canal do youtube, assista ao vídeo, curta e deixe seus comentários! Espero que seja muito útil – e indiquem para as amigas que acabaram de ficar noivas!

converse com a gente
 0      1       0})
DEIXE SEU comentário
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

diadaalinca-capa

Neste mundo dos casamentos em que nos deparamos com tantos profissionais, custos tão altos e tanta pressão numa festa de um dia, é absolutamente emocionante quando encontramos um profissional apaixonado pelo o que faz e propondo um momento de encantamento: que os noivos façam a própria aliança do casamento. Lembram que eu sempre falo que o casamento começa no pedido de noivado, para aproveitar todos os dias e não apenas o dia da festa? Já pensou que especial o dia da aliança ser uma experiência da construção da própria joia juntamente com seu noivo?

Isso é o que Barbara Guth e Flavio Franco propõem em seu ateliê “Dia da Aliança” nos Jardins, em São Paulo. Uma experiência lúdica e única como em um ritual da idade média, o casal cria, funde, trefila, martela, e solda o seu mais precioso símbolo de união, contando sempre com a cuidadosa supervisão do casal de joalheiros. Para a experiência ser ainda mais agradável, o casal é recebido num lounge com champagne gelada, comidinhas deliciosas, um bartender serve durante todo o processo e um fotógrafo registra todos os momentos. Toda a experiência tem duração de aproximadamente 4 horas. O acabamento final das alianças, bem como cravações de pedras é realizado posteriormente pelos joalheiros que irá preparar uma caixa super especial com as alianças, as fotos e outros “mimos”.

Quem gostou da ideia pode aproveitar o workshop do Dia dos Namorados, que é igualzinho o workshop feito individualmente com cada casal, mas desta vez com 4 casais ao mesmo tempo, uma proposta mais econômica e interativa. Os casais serão recebidos com todos os mimos escritos acima, além da decoração especial de dia dos namorados, e ganharão 10 gramas de ouro para produção de suas alianças. O valor é de R$3.500,00 por casal para viver todo o processo e ter suas alianças feitas por você mesma, com todo amor. O casal pode agregar mais ouro ou pedras na joia, se quiserem, à um custo separado. Achei sensacional ter uma experiência de dia dos namorados dessa e ainda sair com as alianças do casamento!

Dia da Aliança
Rua da Consolação, 3037 – Jardins – São Paulo – SP
Tel.: 55 11 3062 8816
informacoes@diadaalianca.com.br
www.diadaalianca.com.br

converse com a gente
 0      1       0})
DEIXE SEU comentário
3 Comentários
  1. mauricio calcados, disse:

    Ótima dica.

  2. Renato, disse:

    Bem interessante e diferente esta dica, o que torna as fotos da aliança no casamento ainda mais exclusivas.

  3. Fabricia, disse:

    Vcs vende aliança pela internet?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>